Entrar
Perfil
OUÇA AGORA

‘Janelas’, de Evandro dos Reis, já está disponível nas plataformas digitais

Com rimas sobre saudade e amor em ritmos como samba, ijexá, bolero e forró, álbum do cantor, compositor e multi-instrumentista pode ser ouvido nos principais streamings de música

O Diário
08/12/2022 às 14:32.
Atualizado em 08/12/2022 às 14:55

(Divulgação - Vitor Gonçalves)

Olá, quer continuar navegando no site de forma ilimitada?

E ainda ter acesso ao jornal digital flip e contar com outros benefícios, como o Clube Diário?

Já é assinante O Diário Exclusivo?
OUÇA AGORA

‘Janelas’, de Evandro dos Reis, já está disponível nas plataformas digitais

Com rimas sobre saudade e amor em ritmos como samba, ijexá, bolero e forró, álbum do cantor, compositor e multi-instrumentista pode ser ouvido nos principais streamings de música

O Diário
08/12/2022 às 14:32.
Atualizado em 08/12/2022 às 14:55

(Divulgação - Vitor Gonçalves)

Um grito que esteve preso na garganta por dois anos, mas que agora pode ser cantado. ‘Janelas’, novo álbum do cantor, compositor e multi-instrumentista Evandro dos Reis já está disponível nas plataformas digitais. E com direito a lançamento em grande estilo, em show no Sesc Mogi na última quinta-feira (1º de dezembro). A plateia cantou, dançou e refletiu as rimas que versam sobre saudade, amor e a vida.

Fruto da saudade, da necessidade e da importância de recuperar o cotidiano do trabalho artístico musical, que foi paralisado ou muito profundamente modificado durante a pandemia de Covid-19. Esse é o projeto, que, nas palavras de seu criador, é “um exercício de manutenção da poesia, da musicalidade e da expressão artística traduzida em estilos tipicamente brasileiros”.

(Divulgação - Vitor Gonçalves)

São, ao todo, seis composições autorais e três interpretações. Músicas que passeiam por diferentes ritmos da música nacional, como samba, ijexá, bolero e forró. Nesses estilos, as mensagens são variadas, mas com grande influência do amor e do mar, que embala as aventuras do eu lírico.

O projeto nasceu de uma campanha de financiamento coletivo, em 2020, no ponto mais crítico da pandemia. Foi, portanto, gravado à distância, em respeito às normas de segurança da época, com cada músico em sua casa, em sua janela, em seu parapeito.

(Divulgação - Vitor Gonçalves)

‘Janelas e Parapeitos’, aliás, é o nome de uma das mais dançantes faixas do disco, e também peça-chave para explicar a proposta. Dali, o artista assistiu a muita coisa, como “cenas do mesmo episódio / narrativas de circo e de trigo / nas corridas sem prêmio e sem pódio”, por exemplo. Também viu pessoas que “dançam, cantam, poetam” e concluiu que “é o milagre, é a sobrevivência / é a cena mais forte, que o meu peito suporte”.

Também são dançantes as faixas ‘Na Ponta’, ‘Dona do Sonho’ e ‘Alto Lá’, que guardam relação especial com o sol e o mar. A natureza, o som das ondas, a reflexão de olhar para o horizonte. Tudo isso é transformado em música.

E como ‘Janelas’ é um reflexo da vida, há também momentos mais íntimos, como em ‘Melhores Amigos’ ou em ‘Molto Romantico’, versão em italiano da canção ‘Muito Romântico’, de Caetano Veloso’.

(Divulgação - Vitor Gonçalves)

Há, ainda, outras emoções. Em ‘Platão’ há um olhar interno, regado à voz e violão; em ‘Bojador’, uma nova reflexão sobre o mar e o destino; e em ‘Calos e Planos’ um clima festivo, que fala sobre união e torna quase impossível não dançar ao mostrar que “o baião de dois pode ser para três, quatro cinco e até mesmo seis / a beleza do eu mais vocês / são tantos os laços que a fita, rebobina e embaraça o fim do mês”.

Em um “momento emblemático”, como define o artista, o show no Sesc Mogi teve tudo isso e ainda mais, com o piano e synth de Vitor Arantes, o violão e a guitarra de Helô Ferreira, o contrabaixo de Vanessa Ferreira e a bateria de Kau Caldas. O público pediu “bis” e Evandro dos Reis atendeu, pedindo a ajuda da plateia para cantar ‘Vagabundo Soy’, música de Omar Lopez, com quem ele teve contato durante o período em que esteve na Itália, com a Orchestra di Piazza Vittorio.

Para ouvir ‘Janelas’, basta procurar por Evandro dos Reis nas plataformas digitais. Também vale ficar de olho nas redes sociais do artista (@evandrodosreis), onde informações sobre próximos shows serão divulgadas em breve.

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conosco
O Diário de Mogi© Copyright 2023É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por