MENU
BUSCAR
RETORNO

Gestores do Alto Tietê discutem a retomada gradativa do setor cultural

Câmara Técnica de Cultura do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) tem se reunido para falar sobre projetos, legislação, estrutura e patrimônio

O DiárioPublicado em 09/10/2021 às 14:59Atualizado há 7 dias
Divulgação - Condemat
Divulgação - Condemat

Projetos, legislação, estrutura e patrimônio. Propostas envolvendo estes quatro grupos de trabalho estão sendo discutidas por membros da Câmara Técnica de Cultura do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat). 

Em reunião nesta última semana, foram discutidas a realização de eventos e atividades culturais regionais para a retomada gradativa do setor, promovendo a circulação de artistas entre os municípios, além da realização de atividades de capacitação técnica para as equipes. Estiveram presentes representantes do Sesc de Mogi das Cruzes, que abrirá até o final deste ano.

"Nossa Câmara Técnica está bem estruturada por meio do trabalho dos grupos e estamos avançando em questões importantes que vão nortear os trabalhos dos municípios de forma regionalizada, além de auxiliar nas ações individuais", disse o coordenador Walmir Pinto.

No último encontro, realizado na quarta-feira (7), participantes conheceram um pouco da história e cultura mogiana, iniciando a visitação na Igreja da Ordem Terceira do Carmo, passando por diversos pontos culturais, e finalizando na Praça Coronel Benedito de Almeida, onde fica o marco zero do município.

"Aproveitamos esta integração dos municípios proposta pelo Condemat para mostrar um pouco do propósito da nossa gestão, que é resgatar a identidade e a memória cultural de Mogi das Cruzes e descentralizar a gestão cultural na cidade", destacou a secretária de Cultura de Mogi das Cruzes, Kelen Chacon.

Também estiveram presentes os vereadores Malu Fernandes e Eduardo Ota, de Mogi das Cruzes, e o secretário executivo do Condemat e ex-prefeito de Guararema, Adriano Leite.

 Sesc de Mogi das Cruzes

Durante a reunião, a gerente da unidade, Denise Mariano, explicou que o Sesc de Mogi das Cruzes será aberto ao público em três fases, obedecendo os protocolos sanitários, sendo que até o final do ano estarão em funcionamento oficinas e atividades culturais, esportivas e ambientais para o público.

Atualmente, o Sesc passa por reformulação na regionalização de atendimento às cidades e até o final deste ano devem ser definidos quais municípios do Condemat estarão vinculados à unidade de Mogi das Cruzes. Clique aqui e leia mais sobre a unidade mogiana.

ÚLTIMAS DE Cultura