O cantor Genival Lacerda morreu, aos 89 anos, vítima de complicações da Covid-19, nesta quinta-feira (7), no Recife (PE). 

Um dos ícones da música nordestina, Lacerda estava internado desde 30 de novembro. Nos últimos dias, o estado de saúde dele fopi considerado grave, inclusive com o uso de ventilador mecânico. 

Recentemente, chegou a ter perspectivas de melhora, mas apresentou piora novamente poucos dias depois.

Em maio de 2020, Genival Lacerda também já tinha sido internado após sofrer um AVC (acidente vascular cerebral) isquêmico, recebendo alta dias depois.

De Campina Grande, na Paraíba, Genival Lacerda tinha mais de 50 anos de carreira artistica e ainda realiza shows por todo Brasil, antes da pandemia. 

Entre os sucessos do paraibano estão "Severina Xique, Xique", "Mate o Veio", "Rock do Jegue" e, mais recentemente, "Galeguinho do Zoi Azul".