Entrar
Perfil
CULTURA

Artista de Mogi, Phellyx faz parte do projeto 'Novelei', da Globo

Ator e humorista mogiano que faz sucesso nas redes sociais e já gravou filme para a Netflix, Phellyx faz parte de projeto especial da Globo, que consiste em recriar cenas de novelas icônicas

Heitor Herruso
20/02/2022 às 14:45.
Atualizado em 20/02/2022 às 14:45

“MÃE, TÔ NA GLOBO!” Quando recebeu uma ligação da emissora, Phellyx achou que iria para o ‘BBB’, mas acabou realizando outro sonho: o de atuar (Arquivo pessoal)

Um projeto inédito, por vários motivos. É a Globo produzindo para o YouTube. São sátiras, recriações de cenas das melhores novelas de todos os tempos. E a gente pode dizer, com todas as letras e com todo o orgulho: tem um mogiano envolvido no ‘Novelei’.

É bonito de ver. A história de Phellyx começa aqui, mais precisamente no Parque Olímpico, onde nasceu e cresceu. Desde 2015 está no YouTube, mas “explodiu” em 2017, com vídeos em que conta como era trabalhar no McDonald’s. É possível acompanhar toda a trajetória clicando aqui.

ORGULHO De Mogi para o estrelato: aqui Phellyx posa com Tony Ramos e Susana Vieira, com quem pôde contracenar (Arquivo pessoal)

De lá para cá, Phellyx só cresceu. No início de 2020, pôde ser visto por 190 países ao estrelar um filme, ‘Modo Avião’, ao lado de Larissa Manoela, na Netflix. Além disso, se fortaleceu nas redes sociais, garantindo 855 mil seguidores no TikTok, 348 mil seguidores no Instagram e 202 mil no YouTube.

O ator e humorista conta que, para o longa do streaming, foi “escolhido a dedo” pelo diretor César Rodrigues, que o viu na internet. Para ‘Novelei’, o novo projeto, idealizado pela ViU Hub, unidade digital de social media da Globo, foi parecido.

Pelo menos quatro episódios da série apresentam Phellyx em destaque, dando vida a papéis importantes (Divulgação - Juliana Coutinho)


De nada adianta, porém, explicar como o comediante mogiano entrou neste barco sem antes contar qual é a proposta. Então vamos lá: em 2021, a teledramaturgia comemorou 70 anos. Por quê não revisitar grandes sucessos?

Este convite foi apresentado para um time de atores veteranos, como Tony Ramos, Cláudia Raia, Cauã Reymond e Susana Vieira, além de humoristas e influenciadores: recriar cenas icônicas de tramas como ‘Avenida Brasil’, ‘Senhora do Destino’, ‘O Cravo e a Rosa’, ‘Laços de Família’, ‘Vamp’, ‘Torre de Babel’, ‘Mulheres de Areia’, ‘O Clone’ e ‘Vale Tudo’.

O leitor mais atento já reparou que “humoristas e influenciadores” fazem parte da equipe. Por isso, além de Paulo Vieira, que agora é conhecido do público pelo quadro ‘Big Terapia’, no ‘Big Brother Brasil’, a lista inclui outros grandes nomes. Whindersson Nunes, Kéfera, Diva Depressão, Thalita Meneghim, Babu Carreira, Gusta Stockler, Evandro Rodrigues, Livia La Gatto. E Phellyx.

Coincidentemente, o mogiano já fazia dublagens de novelas, encarnando personagens como a Carminha, de ‘Avenida Brasil’, a Nazaré Tedesco, de ‘Senhora do Destino’ e também Bibi “Perigosa”, de ‘A Força do Querer’. Ele não sabia, mas desde o início, desde a época do McDonald’s, ele estava sendo observado, como olheiros acompanham garotos da base com potencial para o futebol profissional.

“Meu assessor me ligou e disse: “a Globo quer falar com você’”, lembra Phellyx, que ficou em choque. No passado ele se candidatou e chegou a fazer vários testes para entrar no ‘BBB’. Seria agora um convite para entrar no programa, mas como “Camarote”?

"Fiz muitos papéis de mulheres, pude colocar meus cabelos, passar maquiagem, assim como também fiz personagem masculino”, diz Phellyx (Divulgação - Juliana Coutinho)

“Eu não tinha noção, não sabia que o sonho que sempre tive estava tão perto. Eles gostaram ao ponto de pensarem: ‘vamos chamar ele para fazer alguma coisa’”, diz Phellyx, ainda incrédulo, mesmo após todas as gravações. Foram dois meses morando no Rio de Janeiro e contracenando com nomes do primeiro escalão da Globo.

Depois da euforia de entrar para o elenco de um projeto deste tamanho, Phellyx ficou preocupado. “E agora, como que vai ser? Só vou fazer personagens negros?”, pensou. Ainda bem que não foi assim. “Fiz muitos papéis de mulheres, pude colocar meus cabelos, passar maquiagem, assim como também fiz personagem masculino”, adianta ele, que infelizmente não pode contar quais papéis interpretou.

O que ele pode contar, no entanto, é o sentimento de contracenar com gente como Tony Ramos. “Incrível, surreal. Onde eu ia pensar, que na fila do pão, ia conhecer essas pessoas? Tony Ramos... Aquele homem é um cavalheiro, é um príncipe. Eu nunca vou esquecer: foram os melhores momentos da minha vida”, resume o mogiano, que além de aparecer em cena ao lado de pessoas que têm mais de seis décadas de experiência, pôde conversar, trocar com elas.

E nesses momentos, o que Phellyx sentia, além de admiração, era orgulho. Estar ali o fazia lembrar de sofrimentos antigos, de quando não teve apoio. Por isso, estava “com sangue nos olhos”, com determinação. “Agora é meu momento, vou provar para mim e qualquer pessoa que sou bom”, pensava.

Novamente é preciso reforçar: ele não pode adiantar muita coisa. Mas confirma que, de nove episódios, foi o protagonista de pelo menos quatro. É de se entender o orgulho, que não é só dele, é da cidade. 

´”A ficha caía toda hora”, conta Phellyx. Do Parque Olímpico para a Globo. De Mogi para o país todo, e também para o mundo todo, via internet. É claro que se divertiu e deu tudo de si enquanto gravava. Mas quer mais.

“Daqui quero fazer outras coisas. Deixei minha porta bem arreganhada. Fui lá para fazer meu network, e me diverti muito. Se você não se diverte, não é feliz, não dá. Dei muita risada com um elenco maravilhoso”.

Para usar uma expressão de pôquer, o ator e humorista faz um “all-in” no ‘Novelei’. Aposta tudo. “Acredito profissionalmente que será um divisor de águas na minha carreira, para sair do anonimato e me tornar alguém que as pessoas que as pessoas vão ver. Alguém que vai render meme”, comenta, bem-humorado. 

Para ver, teremos que ter paciência e aguardar. A estreia do projeto é prevista para o início do segundo semestre deste ano, no YouTube. 

 Uma divertida homenagem

ELENCO Paulo Vieira, Thalita Meneghim, Phellyx, Evandro, Gusta, Babu Carreira e Livia La Gato durante gravação de um dos episódios do projeto (Divulgação - TV Globo)

Boas histórias devem ser celebradas e contadas. E há 70 anos é isso que a novela faz. Verdadeira paixão nacional, os folhetins na televisão se transformaram em patrimônio cultural e um dos principais produtos de entretenimento do Brasil. Eles divertem, emocionam e fazem um convite à reflexão sobre as transformações sociais e culturais do país. Para marcar as comemorações em torno de sete décadas de sucessos, a Globo preparou programação especial em seus canais, streaming e sites. O ‘Novelei’ faz parte da festa.

Neste projeto, o primeiro envolvendo Globo e YouTube, o público poderá conferir um “curioso e bem-humorado universo paralelo”. Idealizada pela ViU Hub, unidade digital de social media da Globo, a série ganha o selo YouTube Originals e ficará disponível no ecossistema Globo na plataforma no início do segundo semestre deste ano.

Com pegada de remakes cômico-dramáticos de novelas, a atração contará com nove episódios, que serão disponibilizados semanalmente, e trarão no elenco nomes consagrados da TV e um time de peso de youtubers e influenciadores. 

Juntos, Tony Ramos, Cláudia Raia, Susana Vieira, Cauã Reymond, Paulo Vieira, Whindersson Nunes, Diva Depressão, Thalita Meneghim, Kéfera, Babu Carreira, Gusta Stockler, Phellyx, Evandro Rodrigues e Livia La Gatto terão a missão de recriar com muito humor, no melhor estilo “suecar”, algumas das obras mais emblemáticas da TV. 

Para divertir o público e ao mesmo tempo prestar uma homenagem às novelas, serão reencenados trechos das tramas de ‘Avenida Brasil’, ‘Senhora do Destino’, ‘O Cravo e a Rosa’, ‘Laços de Família’, ‘Vamp’, ‘Torre de Babel’, ‘Mulheres de Areia’, ‘O Clone’ e ‘Vale Tudo’.

Com criação e produção do Entretenimento da Globo, a série tem o selo YouTube Originals – frente da plataforma que investe em conteúdos originais e destaca criadores e parceiros em produções criativas e inéditas – e conta com direção de Felipe Joffly e roteiro assinado por Bia Braune. 

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conosco
O Diário de Mogi© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por