Logo mais as 18 horas, o artista de Mogi das Cruzes Janoel Alves fará uma live musical especial e beneficente. Em um “encontro com amigos”, ele se apresentará ao lado de Jarbas Mariz, que é arranjador de Tom Zé, e Miltinho “Batera” Brito, que integrava o sexteto do hoje extinto programa do Jô Soares.

“É importante ressaltar que quem assistir poderá contribuir com o Instituto Gabi para crianças especiais e com o Instituto Pró+Vida para idosos. Teremos muitos músicos, muitas histórias e a participação do Porto Pirata, do Luthier Inacio”, convida ele, nas redes sociais.

O link para assistir é undefined, onde estão disponíveis também outras apresentações, como a ‘Fique em Casa’, transmitida originalmente em julho de 2020.

Além de ser ocasião para apreciar boa música, esta é uma oportunidade para relembrar a trajetória de Janoel Alves, o “Janoelzinho”, que aos cinco anos, ao ouvir um dos discos de músicas internacionais tocados pelo pai na casa da família, no Mogilar, surpreendeu ao reproduzir refrões de ‘Little Darling’, do quarteto The Diamonds.

Nascido em São Paulo, o artista chegou a Mogi ainda bebê, e na década de 60 subiu ao palco ao lado de Roberto Carlos, no Cine Urupema. Também participou programas na Rádio Clube de Santo André, na TV Cultura e na TV Bauru; comandou o “Clube dos Brotinhos”, da local Rádio Metropolitana; lecionou na Universidade de Mogi das Cruzes (UMC); foi arranjador e regente dos corais Rouxinóis, da Associação do Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São (Apeoesp-SP) e Canto das Águas, da Associação dos Aposentados e Pensionistas da Sabesp-SP.

A história completa pode ser lida clicando aqui, já que ele foi o personagem de uma ‘Entrevista de Domingo’ publicada por O Diário em 2016.