Entrar
Perfil
CONTEÚDO DE MARCA

AV Capital vai liberar R$ 100 milhões para empreendedores do Alto Tietê

Banco digital do grupo oferecerá crédito para pequenos e médios investidores em 2023

Da reportagem
21/10/2022 às 13:26.
Atualizado em 24/10/2022 às 08:48

Colaboradores atuam em diferentes áreas para dar suporte aos clientes (Divulgação)

Fundado no Alto Tietê, o AV Capital é um ecossistema financeiro que engloba Banco Digital, Investimentos, Créditos, Seguros, Câmbio, Gestão Empresarial, Contabilidade, Jurídico e Participações. E é por meio do seu banco que se prepara para liberar, em 2023, R$ 100 milhões em créditos para pequenos e médios empreendedores da Região. Este ano, R$ 55 milhões já foram liberados e, até dezembro, esse valor deverá chegar aos R$ 70 milhões

Diferente dos bancos tradicionais – os chamados bancos de varejo – o AV Banco é um diferencial quando se trata de pequenos e médios empreendedores. Isso porque existem maiores facilidades para esse público alvo.

“Nos bancos de varejo, fica difícil abrir a conta, encontrar o gerente, conseguir crédito. Tudo é mais complicado. Conosco é diferente. Nós somos do Alto Tietê, o médio e pequeno investidor fala diretamente com quem decide, não é com chat ou com robô. Ele encontra nosso time comercial, que está sempre de prontidão, diferente de um gerente de banco. O sim, o não ou o talvez são dados com muita rapidez”, explica Thiago Lara, que é fundador e diretor executivo do AV Capital.

Outra vantagem para os clientes, é o fato do AV Banco integrar um ecossistema digital. Com isso, eles podem utilizar outros serviços que os bancos de varejo não oferecem, como a Gestão Empresarial, a Contabilidade – que engloba questões fiscais e tributárias –, e o Jurídico, que auxilia na parte contratual e trabalhista e também no momento em que o investidor vai fazer fusão com outras empresas, no planejamento estratégico de expansão e até mesmo para comprar e vender empresas.

Para alcançar esse patamar e oferecer um suporte completo ao cliente, o AV Capital percorreu um caminho que teve início em 2010, com a Fundação AV Investimentos. Em 2014, foi lançado o AV Seguros e, logo no ano seguinte, o AV Câmbio. O AV Gestão Empresarial e Participações teve início em 2016, na sequência veio o AV Crédito, seguido pelo AV Contabilidade e Jurídico e mais recentemente, em 2021, o grupo inaugurou o AV Banco Digital do Empreendedor.

Linha do tempo mostra, ao longo dos anos, a evolução da AV Capital, que começou como Fundação AV Investimentos (Reprodução)

No início, quando ainda era a Fundação AV Investimentos, apenas quatro colaboradores faziam parte do time. Hoje, mais de 50 funcionários diretos e indiretos integram o quadro da AV Capital, que atende mais de 2 mil clientes no Alto Tietê, Vale do Paraíba, Guarulhos e São Paulo.

“Grande parte de termos chegado até onde chegamos, é porque eu divido as responsabilidades de duas formas. Eu convido especialistas de algum outro setor para serem sócios da AV e atuar como head na área, o que é uma característica diferente de outras empresas. Mas também temos a meritocracia muito presente. O colaborador que performa acima da média também tem a oportunidade de se tornar sócio da empresa”, conta Thiago.

O diretor executivo é economista por formação e, antes de fundar a empresa, já atuava no mercado financeiro em São Paulo, como funcionário. Quando decidiu que queria constituir família em Mogi, onde nasceu, viu que poderia ser um bom negócio empreender no Alto Tietê. Foi assim, então, que ele – que já foi secretário adjunto de Finanças na cidade – deu início à AV Capital, com a Fundação AV Investimentos.

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conosco
O Diário de Mogi© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por