MENU
BUSCAR
ARTIGO

Mudar o mundo

A cada dia, perdemos mais o costume de sermos contrariados, ficamos mais mimados, razão pela qual, muitos, hoje, acreditam que tudo é motivo para briga. É inconcebível alguém não concordar com você

Diego CápuaPublicado em 09/06/2021 às 18:52Atualizado há 5 dias
O Diário
O Diário

Existem certos momentos que a vida nos leva a parar e pensar um pouco, fazendo surgir dúvidas, nos deixar saudosos e pensativos em como algumas coisas poderiam voltar a ser mais simples. 

Hoje, apesar de termos tudo literalmente na palma de nossa mão, acabamos por nos restringir muito, visto que, as informações, notícias, pontos de vista e até mesmo sugestões de amigos, tudo é feito com o objetivo de agradar os nossos próprios pontos de vista, obedecendo a algoritmos, de forma que, apesar da mídia e de grupos pregarem a tolerância, podemos perceber que estamos cada vez menos propensos a aceitar algo que não seja de nosso agrado.

Vejam que hoje até nossa TV é praticamente feita para atender aos nossos desejos, pois, com as transmissões “on demand”, você vê exatamente o programa que você quer e na hora que desejar. 

Acabou aquela história de vermos o que está passando, algo que era muito instrutivo, principalmente para as crianças.

De fato, a cada dia perdemos mais o costume de sermos contrariados, ficamos mais mimados, razão pela qual, muitos hoje acreditam que tudo é motivo para a briga, pois, é inconcebível alguém não concordar com você, ou até mesmo, em casos extremos, não querer dar uma opinião.

Para tudo existe o momento certo.

Se você defende a importância do amarelo na vida do ser humano, ok, é muito bom, mas, encontrando uma pessoa que prefere o azul, não vá querer mudar essa pessoa. 

Todas as vertentes religiosas, os grupos políticos, tribos, etc., possuem excelentes argumentos e razões, sendo importante estarmos abertos a ouvir a todos, pois podemos usar aquilo para o nosso dia a dia e não apenas queremos convencer a todos a serem iguais a você. Não aprendemos apenas quando escutamos ou lemos o que gostamos. 

Quantas vezes não achamos a solução para algum problema quando ouvimos uma pessoa que tem uma visão diferente para o assunto?

A contradição faz parte da natureza, afinal, temos o dia e a noite, estações frias e quentes e é tudo isso que torna o nosso mundo ideal para que a vida exista.

O mundo precisa mudar, mas não para ser como você entende que ele deve ser, sim um lugar em as pessoas compreendam e respeitem as diferenças.

 Não estamos em um jogo de convencimento e por isso você não ganha nada se viver tentando fazer com que as pessoas passem a ser igual a você. Vamos entender que a beleza do ser humano está no fato de que cada um tem o seu jeito peculiar.

Quer mudar o mundo, seja tolerante e não um ser petulante.

Diego Cápua é advogado

ÚLTIMAS DE Colunistas