MENU
BUSCAR
MOGI

Zeno Morrone deixa em definitivo a Secretaria de Saúde

Já exonerado, médico previa que aposentadora do IML seria um processo mais rápido para continuar na pasta. Ele não ficou no cargo sequer um mês

Eliane JoséPublicado em 17/05/2021 às 18:15Atualizado há 29 dias
Zeno Morrone Júnior vai deixar o comando da Secretaria de Saúde /
Zeno Morrone Júnior vai deixar o comando da Secretaria de Saúde /

O médico Zeno Morrone Júnior deixa mesmo o comando da Secretaria Municipal de Saúde porque não tem uma perspectiva sobre quando termina o processo de aposentadoria requerido por ele, do cargo que ocupa no Instituto Médico Legal (IML) de Mogi das Cruzes. Anteriormente, após os questionamentos sobre os dois vínculos empregatícios, o médico pretendia trabalhar sem receber os vencimentos.O Diário divulgou esses planos.  Isso, no entanto, não será possível..

Segundo ele, não há uma previsão sobre quando a aposentadoria será definitiva. 

Hoje (17), ele afirmou, em entrevista a este jornal, que não poderá mais seguir com os planos, de trabalhar de graça, porque não tem ideia sobre quando será afastado do IML, que é ligado à Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo.

"Pensamos que esse processo seria mais rápido, mas há trâmites, como o cumprimento de licença-prêmio, que precisam ser obedecidos".

Segundo ele, a secretária-adjunta da Secretaria Municipal de Saúde deverá continuar respondendo pela pasta.

Questionado se o prefeito Caio Cunha (PODE) deverá mantê-lo no cargo, Zeno Morrone afirmou ser esta a expectativa dele. Um complicador, para isso, pode ser o fato de não se ter um prazo para a conclusão desse processo de aposentadoria.

"Eu já entrei com o pedido de afastamento, mas isso, sinceramente, não sei quando irá sair. Daqui a dois, três meses. Eu espero que seja o mais rápido possível".

A decisão, no entanto, caberá ao prefeito municpal. A Secretaria Municipal de Saúde é a mais estratégica no atual momento de combate à pandemia da Covid-19 0 o que torna esse assunto ainda mais sensível.

Com 37 anos de serviços prestados ao IML, Zeno Morrone Júnior assumiu a Secretaria Municipal de Saúde, após a exoneração do médico Henrique Naufel. Ficou no cargo17 dias.

Uma denúncia sobre a duplicidade dos vínculos a órgãos públicos levou a gestão municipal a exonerar o médico, após recomendação do setor de Recursos Humanos.

O médico foi o segundo secretário de Saúde da atual gestão. O primeiro, Henrique Naufel, foi denunciado por ter furado a fila da vacina.

O Ministério Público apura o fato de dezenas de funcionários da Saude terem sido imunizados antes dos demais gurpos de risco para a Covid-19, como divulgou O Diário.

Projetos

Zeno tinha planos de ampliar a cobertura de vacinação nos postos, e também de investir mais na rede de atenção básica - o que projetado, mas não será executado por ele, à frente da Secretaria de Saúde. Pelo menos, não por agora.

ÚLTIMAS DE Cidades