Entrar
Perfil
Acidente

Tombamento de micro-ônibus na Mogi-Bertioga deixa ao menos um morto e 33 feridos

De acordo com relato do motorista, micro-ônibus tombou após falha grave no sistema de freios; Acidente aconteceu em Bertioga, no quilômetro 86.

Darwin Valente e Larissa Rodrigues
07/11/2021 às 11:53.
Atualizado em 07/11/2021 às 13:07

O acidente aconteceu por volta das 5h15, próximo ao quilômetro 86 da rodovia (Divulgação - Polícia Rodoviária)

Olá, quer continuar navegando no site de forma ilimitada?

E ainda ter acesso ao jornal digital flip e contar com outros benefícios, como o Clube Diário?

Já é assinante O Diário Exclusivo?
Acidente

Tombamento de micro-ônibus na Mogi-Bertioga deixa ao menos um morto e 33 feridos

De acordo com relato do motorista, micro-ônibus tombou após falha grave no sistema de freios; Acidente aconteceu em Bertioga, no quilômetro 86.

Darwin Valente e Larissa Rodrigues
07/11/2021 às 11:53.
Atualizado em 07/11/2021 às 13:07

O acidente aconteceu por volta das 5h15, próximo ao quilômetro 86 da rodovia (Divulgação - Polícia Rodoviária)

Na manhã deste domingo (7), um micro-ônibus tombou na rodovia Mogi-Bertioga (SP-98) e deixou ao menos um morto, sendo uma mulher, segundo informações da Polícia Rodoviária do Estado de São Paulo. Outras 33 pessoas teriam ficado feridas. O acidente aconteceu por volta das 5h15, próximo ao quilômetro 86 da rodovia, no sentido Mogi das Cruzes.

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) acaba de informar, às 12h15, que a rodovia Mogi-Bertioga foi totalmente interditada na altura do Km 86 para que o micro-ônibus que se acidentou, hoje pela manhã, após perda de freios, possa ser retirado do local. Um guincho  está neste momento operando no local, com apoio da Polícia Rodoviária Estadual para que o veículo possa ser destombado e levado de volta para a sede da empresa.

Segundo informações do DER, o micro-ônibus  vinha de Guarulhos, na Grande São Paulo, com destino a Bertioga, quando o motorista disse ter perdido os freios e buscou a faixa contrária (sentido Mogi), para tentar parar o veículo jogando-o sobre uma defensa metálica ali existente. A velocidade fez com que o micro-ônibus tombasse lateralmente, provocando ferimentos nas pessoas que se encontravam em seu interior.

A Polícia Rodoviária informou que uma mulher morreu. Ainda há poucas informações mais detalhadas sobre as vítimas porque delas foram encaminhadas para a Santa Casa de Bertioga e outros hospitais da região, como o de São Vicente, que recebeu uma pessoa ferida mais gravemente.

De acordo com o que o motorista do micro-ônibus relatou à Polícia, ele se aproximava de uma curva quando percebeu uma grave falha no sistema de freios. Ele teria tentado reduzir as marchas, mas não foi possível, então, bateu o veículo na guia e, na sequência, o micro-ônibus tombou.

O trecho da estrada em onde aconteceu o acidente fica em Bertioga e equipes do Corpo de Bombeiros, do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e socorristas da Riviera de São Lourenço foram acionados e prestaram os primeiros atendimentos no local, além de encaminharem todas as vítimas aos hospitais da região. Um caso mais grave precisou ser transferido para o Hospital Irmã Dulce, na Praia Grande.

O micro-ônibus

O micro-ônibus que se envolveu no acidente, hoje pela manhã, na altura do Km 86, no trecho de serra da ligação rodoviária Mogi das Cruzes-Bertioga, pertence à Juli Wil Locadora, Transporte e Turismo Ltda, com sede à avenida Boa Nova, 88, no Jardim Presidente Dutra, em Guarulhos.

A empresa é especializada na organização de excursões com veículos rodoviários próprios e, segundo informações, foi contratada para levar o grupo de turistas da cidade de Guarulhos para Bertioga, na Baixada Santista. A viagem, entretanto, foi interrompida já na descida da Serra do Mar.

O motorista da empresa, ainda não identificado, encontra-se, neste momento, na Delegacia de Polícia de Bertioga, onde está sendo registrada a ocorrência ocorrida no início da manhã deste domingo. A polícia de Bertioga confirma a morte de uma mulher, ainda não identificada.

A maior tragédia

Na noite do dia 8 de junho de 2016, a rodovia Mogi-Bertioga  foi o cenário de uma grande tragédia, quando um ônibus fretado, que conduzia estudantes universitários para São Sebastião, no Litoral Norte, acabou tombando na altura do Km 84 (dois quilômetros abaixo do local onde o micro-ônibus de turismo se acidentou neste domingo (7)),  já na descida da Serra do Mar, deixando 18 pessoas mortas e outras 17 feridas, a maioria alunos das duas universidade de Mogi das Cruzes, UMC e UBC.

O ônibus com os estudantes descia a Serra em direção à Baixada Santista, em comboio com três outros veículos e quando se aproximou da divisa entre Mogi das Cruzes e Bertioga, o ônibus ficou descontrolado, bateu em um rochedo da pista contrária, capotou e caiu em uma valeta existente à margem da rodovia.

Foi a maior tragédia já registrada desde a inauguração da rodovia Mogi-Bertioga, ocorrida no dia 13 de maio de 1982.

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conoscoConteúdo de marcaConteúdo de marca
O Diário de Mogi© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por