MENU
BUSCAR
VIVA MOGI !!!

Prefeitura inicia obras para construção de novo parque na cidade

Equipamento será construído entre os bairros Nova Mogilar e o Rodeio faz parte do Programa Viva Mogi, com investimento de R$ 10.8 milhões

O DiárioPublicado em 19/09/2021 às 14:33Atualizado há 3 meses
Divulgação PMMC
Divulgação PMMC

A Prefeitura de Mogi das Cruzes anunciou para esta segunda-feira o início das obras do novo parque, que será construído na avenida Antônio de Almeida, entre os bairros Nova Mogilar e o Rodeio.  O equipamento faz parte do conjunto de obras estruturantes do Programa Viva Mogi e terá investimento de R$ 10.826.671,34.

O equipamento terá 139.478,04 m² e contará com campo de futebol, quadras de areia, quadra poliesportiva, quadra de tênis, mini quadra de basquete, parcão (espaço destinado a pets), pergolados, Academia da Terceira Idade (ATI), playground, praça de convivência, parkour, paisagismo, drenagem, reservatório de água, pista de caminhada e ciclovia.

O prefeito Caio Cunha (PODE) já informou nesta semana que o projeto está sendo concluído para que possa ser encaminhado à Câmara Municipal propondo que o equipamento receba o nome de Airton Nogueira, conhecido comerciante mogiano que atuou durante muitos anos à frente do Sindicato do Comércio Varejista (Sincomércio), membro histórico da tradicional Festa do Divino, falecido em 2016.

“Estamos terminando o projeto de lei para encaminhar à Câmara. As obras começam na segunda-feira e este parque terá uma vocação mais esportiva, ao contrário do Parque Centenário, que possui uma vocação de lazer. A previsão é de que o novo parque seja entregue em setembro do ano que vem”, afirmou o prefeito.

Viva Mogi

O Programa Viva Mogi é uma marca da Prefeitura de Mogi das Cruzes que prevê a realização de obras estruturantes da cidade, em todos os distritos e bairros, transformando-se em uma marca permanente da administração. Um dos locais mais privilegiados com mobilidade deve ser a região de César de Souza.

Trata-se do antigo projeto do governo passado chamado de +Mogi Eco Tietê que sofreu algumas adequações na atual gestão, que decidiu também mudar o nome para Viva Mogi

Leia tambémAinda não entendeu o 'Viva Mogi'? A gente explica

As intervenções do Viva Mogi beneficiarão inicialmente o distrito de Cezar de Souza. O programa terá financiamento de cerca de R$ 350 milhões, captados junto ao Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), e está dividido em três eixos.

Um desses eixo será o socioambiental, que prevê a construção de dois novos parques (Airton Nogueira e outro parque, na avenida Francisco Rodrigues Filho), além da ampliação do Parque Centenário e da recuperação das áreas verdes próximas ao rio Tietê.

Outro eixo é o de mobilidade e desenvolvimento urbano, que inclui a construção da avenida Parque (Corredor Ambiental Ecológico Sustentável - CAES), sistema de vias e intervenção urbanística em Cezar de Souza. Outra ação será a implantação de 30 quilômetros de ciclovias interligando os parques e o Corredor Ambiental Ecológico Sustentável, bem como a construção de uma passarela sobre o rio Tietê. No total, serão 6,2 km de CAES, 3 novas transposições e ciclovias.

O terceiro eixo será o de saneamento básico, que prevê a ampliação da capacidade da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de Cezar de Souza, que passará de 142 para 460 litros por segundo. Também serão implantadas redes de abastecimento de água e de coleta de esgoto em Cezar de Souza, além do saneamento ambiental do Córrego Lavapés e Córrego dos Corvos.

  

ÚLTIMAS DE Cidades