Entrar
Perfil
EMBARGO

Prefeitura de Mogi interdita loteamento irregular na Estrada do Itapeti

Pela segunda vez, nesse mês, fiscais fecham imóvel que estava sendo vendido ilegalmente em Mogi das Cruzes; o loteamento fica na estrada do Itapeti

O Diário
11/05/2022 às 16:46.
Atualizado em 11/05/2022 às 16:52

Máquinas da Prefeitura fecham a entrada de loteamento irregular localizado na Estrada do Itapeti, em Mogi das Cruzes (Divulgação/SMPU)

Olá, quer continuar navegando no site de forma ilimitada?

E ainda ter acesso ao jornal digital flip e contar com outros benefícios, como o Clube Diário?

Já é assinante O Diário Exclusivo?
EMBARGO

Prefeitura de Mogi interdita loteamento irregular na Estrada do Itapeti

Pela segunda vez, nesse mês, fiscais fecham imóvel que estava sendo vendido ilegalmente em Mogi das Cruzes; o loteamento fica na estrada do Itapeti

O Diário
11/05/2022 às 16:46.
Atualizado em 11/05/2022 às 16:52

Máquinas da Prefeitura fecham a entrada de loteamento irregular localizado na Estrada do Itapeti, em Mogi das Cruzes (Divulgação/SMPU)

Pela segunda vez, neste mês, a Prefeitura de Mogi das Cruzes interditou e embargou um loteamento irregular,  localizado na estrada do Itapeti, bairro do Taboão, na divisa com Santa Isabel. A venda dos lotes está suspensa após o fechamento da entrada do loteamento, feito por agentes da Guarda Municipal, por meio da Patrulha Rural, da Departamento de Fiscalização de Obras Particulares e da Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana. Os acessos do loteamento foram fechados com o apoio de tratores, a exemplo do que já havia acontecido, no último dia 3, no distrito de Taiaçupeba.

A primeira fiscalização e interdição ocorreu em um terreno na Estrada das Aroeiras, situado próximo à Barragem do rio Jundiaí, no distrito de Taiaçupeba. Os acessos do loteamento também foram fechados com máquinas.

Segundo a Prefeitura, nas duas ações, os responsáveis pelos empreendimentos já haviam sido notificados pela Administração Municipal sobre irregularidades nos empreendimentos, mas desrespeitaram a notificação, com a continuidade das vendas.

As medidas de embargo contam com respaldo jurídico da Procuradoria Geral do Município.

O secretário municipal de Segurança, Toriel Sardinha, que havia prometido em reunião na Câmara Municipal, o reforço da fiscalização, lembra que o trabalho é feito continuamente pela Patrulha Rura.

“Novas fiscalizações serão realizadas sempre que houver necessidade, para se evitar o crescimento desordenado de nossa cidade. A Patrulha Rural é preparada e vem realizando um ótimo trabalho”, comentou.

O secretário municipal de Planejamento e Urbanismo, Claudio de Faria Rodrigues, voltou a destacar que as interdições servem de alerta para os futuros compradores de imóveis, sobretudo em áreas rurais e de proteção ambiental. Uma pesquisa sobre a situação cadastral do empreendimento, na Prefeitura, pode evitar prejuízos financeiros futuros.

“São loteamentos em situação irregular. Nossa orientação para as pessoas que pretendem comprar imóveis – terrenos, casas ou apartamentos – é para que a situação cadastral seja verificada na Secretaria de Planejamento”, aponta.

Os telefones para mais informações sobre a situação de imóveis divulgados para a comercialização são 4798-5747 e 4798-5015

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conoscoConteúdo de marcaConteúdo de marca
Copyright © - 2022 - O Diário de MogiÉ proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuído por