Entrar
Perfil
Sem o PS

Prefeitura de Mogi estuda intervenção na Santa Casa

Secretaria Municipal de Saúde diz que essa é uma das alternativas que vêm estudando para que os serviços continuem sendo prestados para a população.

Larissa Rodrigues
04/07/2022 às 12:16.
Atualizado em 04/07/2022 às 12:25

Contrato do convênio entre a Prefeitura e Santa Casa termina no dia 28 de agosto (Arquivo - O Diário)

Com o contrato atual previsto para terminar no dia 28 de agosto, a Santa Casa de Mogi das Cruzes não pretende mais renovar o convênio com a Prefeitura que diz respeito aos atendimentos no Pronto Socorro do hospital. Nesta segunda-feira (4), a Administração Municipal revelou que uma das possibilidades que vem estudando é a intervenção na unidade.

Em outras cidades a intervenção das Santas Casas já aconteceu em momentos em que a entidade passava por dificuldades financeiras. Desde 2009, a Prefeitura de Suzano começou a intervir. A medida chegou a ser suspensa em alguns períodos, mas foi retomada. Atualmente, o interventor é Sadao Sakai, ex-controlador-geral de Suzano e que já foi vereador em Mogi.

LEIA TAMBÉM:

Essa medida costuma ser tomada pelo Poder Público com a intenção de garantir que os serviços continuarão sendo prestados para a população, fornecendo uma assistência à saúde de maneira adequada, além de utilizar de maneira correta a verba pública destinada para determinado serviço.

Por meio de nota, a Secretaria de Saúde de Mogi garantiu que vem buscando alternativas para que a população não fique desassistida pelo serviço do Pronto-Socorro Municipal e que está trabalhando para garantir o atendimento na unidade da Santa Casa até que uma nova solução seja colocada em prática.

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conosco
O Diário de Mogi© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por