Mogi das Cruzes conta nesta quinta-feira (8) com 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva livres para o tratamento da Covid-19. Entretanto, apenas um faz parte da rede pública de saúde e os outros nove integram a rede particular. Com isso, a cidade chega a 93,5% de ocupação no setor, enquanto ontem (7) estava com 98, 1%. Na enfermaria os dados são os mesmos do dia anterior e o município segue com 88,8% de ocupação.

Segundo os dados oficiais da Prefeitura, Mogi tem hoje 155 leitos de UTI e 233 de enfermaria. Deste total, 99 de UTI e 162 de enfermaria integram a rede pública, que é composta pelo Hospital Municipal, Santa Casa de Misericórdia e Luzia de Pinho Melo. Dentre esses leitos, 4 de enfermaria estão vagos, número menor que desta quarta-feira, quando eram 11.

Na rede particular estão os hospitais Ipiranga, Santana, Biocor e Mogimater, que somam 56 leitos de UTI e 71 de enfermaria. Além das nove vagas na UTI, essas unidades contam ainda com 22 leitos de enfermaria disponíveis.

Desde o início da pandemia, 927 pessoas já perderam a vida por conta do novo coronavírus em Mogi. Com isso, foram três mortes registradas de ontem para hoje. O número de infectados também continua a subir. Na quarta, eram 4.666 munícipes com o vírus ativo na cidade e hoje esse número chega a 4.673.