Entrar
Perfil
Transporte Coletivo

Ônibus de Mogi apresentam problemas na manhã desta segunda-feira

Alguns ônibus não saíram dos terminais e Prefeitura afirmou que a empresa responsável será autuada pelas partidas não realizadas, conforme previsto em contrato.

Larissa Rodrigues
27/06/2022 às 12:27.
Atualizado em 27/06/2022 às 12:28

No início do dia, ônibus que deveriam ter partido não foram para seus destinos (Pedro Chavedar - Prefeitura de Mogi)

Na manhã desta segunda-feira (27), foram registrados problemas nas partidas de uma das empresas concessionárias que atuam no transporte público de Mogi das Cruzes. Por isso, algumas pessoas foram até os pontos, mas os ônibus não passaram. A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana afirmou que os problemas não têm relação coma Administração Municipal e que a empresa será autuada pelas partidas não realizadas, conforme previsto em contrato.

Moradora do Parque São Martinho, Zeni da Silva foi para o ponto da avenida Ricieri Bertaiolli Junior onde pretendia pegar o ônibus que passaria 5h35. Chegando ao local, muitas pessoas estavam por lá esperando pelo transporte, que não passou. Ela esperou até 5h50, quando decidiu que iria para casa chamar um motorista de aplicativo, já que no ponto não tinha sinal de internet.

Carregando...

“Algumas pessoas foram até o Conjunto Santo Ângelo andando, para tentar pegar o ônibus lá. Isso dá uns 35 minutos andando. Eu fui com o motorista de aplicativo até o Terminal Central, onde pego outro ônibus, e lá um fiscal me respondeu rispidamente que os ônibus estavam parados na garagem. Só para ir até lá gastei R$27”, conta.

A Prefeitura disse “tão logo verificada a situação, a Secretaria de Mobilidade Urbana determinou a solução dos problemas de atendimento e o serviço foi regularizado por volta das 5h30”.

Zeni, que trabalha no Pró-Criança, disse que o atraso foi prejudicial porque além do gasto que teve com o transporte, ainda terá descontado do trabalho o tempo que atrasou.

“Na verdade o nosso bairro tem problemas sérios com o ônibus. Os horários de domingo são péssimo, eles não têm consideração com quem trabalha no domingo. E muita gente trabalha no comércio na saúde e até mesmo nas indústrias e precisa de ônibus também aos domingos ”, reclama.

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conoscoConteúdo de marcaConteúdo de marca
O Diário de Mogi© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por