Entrar
Perfil
QUEIMADAS

Número de queimadas aumenta cinco vezes no Alto Tietê em julho

Neste ano, foram atendidas 218 ocorrências na região, sendo 127 delas em julho, o que representa um aumento de de 380% comparando com junho, que teve o atendimento de 26 casos. Mogi é a cidade que tem mais registros.

Silvia Chimello
02/08/2022 às 15:00.
Atualizado em 03/08/2022 às 09:25

(Arquivo O Diário)

Todos os anos a história se repete: quando chega o inverno e começa o período de tempo seco o Corpo de Bombeiros registra aumento no número de queimadas no Alto Tietê. Neste ano, já foram 218 ocorrências, sendo que 127 delas em julho, o que representa um aumento de 380% ou quase cinco vezes mais na comparação a junho, que teve o atendimento de 26 casos. O crescimento é muito mais expressivo ao se comparar com mês de março, que teve apenas uma situação de fogo em mata na região.

Os números apresentados pelo 17º Grupamento do Corpo de Bombeiros demonstram também que Mogi das Cruzes é a cidade com maior número de casos. Apenas neste ano, a cidade contabiliza 92 ocorrências.  Suzano é a segunda, com 36 registros de queimadas, e Itaquaquecetuba aparece em terceiro com 35. Guararema vem em seguida com 33 casos, enquanto Ferraz de Vasconcelos teve 18 e Poá seis. Os demais municípios do Alto Tietê não são citados nesse levantamento.

O levantamento mensal feito pelo Corpo de Bombeiros, que soma as 218 ocorrências, revela que em janeiro foram três casos, oito em fevereiro, um em março, 18 em abril, 35 em maio, mais 26 em junho, e por fim, 127 no mês passado.

As estatísticas mostram ainda que domingo é o dia mais complicado da semana, com maior número de atendimentos por parte dos agentes do Corpo de Bombeiros na região. Para se ter uma ideia, do total de 218 casos levantados neste ano, 46 deles aconteceram neste dia. O número cai pela metade se comparar com as ocorrências que aconteceram às segundas-feiras, com 24 registros. Outros 33 casos aconteceram nas terças-feiras, 29 às quartas, quintas e sextas-feiras, fechando com 28 atendimentos que aconteceram aos sábados.

Os períodos da tarde e noite são os mais críticos, como revelam os estudos feitos pelo Corpo de Bombeiros.   

Em caso de incêndio, o Corpo de Bombeiros dá as seguintes orientações para que a população saiba como agir diante de um incêndio florestal:

 •O que fazer diante de um incêndio florestal?  Se você se deparar com um incêndio florestal, ligue imediatamente para os telefones 193 ou 190. Não suponha que alguém já chamou. Descreva o local do incêndio, fale devagar e claramente, e responda todas as perguntas feitas pelo atendente.

• Antes que o fogo se aproxime da sua casa abandone o local. Promova a retirada dos seus animais e todos os membros da família que não são essenciais para preparar a casa. Qualquer pessoa com limitações médicas ou físicas e os jovens e os idosos devem ser retirados imediatamente.

. Use vestuário como calças e camisas de manga comprida para proteção.

. Retire Combustíveis. Limpe itens que possam queimar em torno da casa, incluindo pilhas de madeira, móveis de jardim, churrasqueiras, coberturas de lona, etc. Mova-os para fora do seu espaço defensivo.

. Feche / Proteja aberturas. Retire cortinas inflamáveis. Feche todas as janelas, cortinas ou persianas pesadas e não combustíveis para reduzir o calor radiante.

. Feche as portas interiores. Feche as portas dentro da casa para reduzir o calor radiante no interior dos cômodos.

. Desligue o gás. Desligue qualquer fonte de gás natural ou GLP.

. Água. Conecte as mangueiras de jardim. Encha, se houver, a piscina, banheiras de hidromassagem, latas de lixo, cubas ou outros recipientes grandes com água.

. Escada. Coloque uma escada encostada na casa, se for necessário, suba e tenha uma visão mais clara da situação.

. Carro. Coloque seu carro na garagem e feche as janelas.

. Garagem. Desconecte todos os abridores de porta automática da garagem, para que as portas ainda possam ser abertas manualmente, em caso de saída de emergência. Feche todas as portas da garagem.

. Bens. Coloque valiosos documentos, lembranças e qualquer coisa que “você não pode viver sem” dentro do carro na garagem, pronto para a partida rápida. Qualquer animal de estimação que ainda esteja com você também deve ser colocado no carro.

 Precauções

A pessoas também devem tomar as seguintes precauções para evitar os incêndios e e queimadas:

. Evite jogar cigarros ou fósforos acessos às margens das rodovias, especialmente de carros em movimento;

. Balões podem provocar acidentes aeronáuticos, incêndios florestais e são um perigo para refinarias e indústrias químicas.  Soltar balão é crime. Lei 9.605.98;

. Evite acender fogueiras;

. Evite qualquer tipo de queimada;

. Quando a queimada for necessária para fins agrícolas (cana e algodão, regulamentadas por lei), avise seus vizinhos e a Polícia Ambiental, com dois dias de antecedência;

. Não faça queimadas próximo à rede elétrica;

. Nunca faça queimadas em dias quentes, secos ou com ventos fortes;

. Informe onde houver fumaça, para o fogo ser combatido;

. Se avistar fumaça suspeita, avise imediatamente o Corpo de Bombeiros;

. Em caso de incêndio, acione o Corpo de Bombeiros imediatamente pelo telefone 193.    

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conosco
O Diário de Mogi© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por