Entrar
Perfil
FALA, SECRETÁRIO

Komura fala de planos para desenvolver setor industrial de Mogi

Futuro secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Inovação tem planos para ajudar na modernização do parque industrial mogiano.

Darwin Valente
25/10/2022 às 10:48.
Atualizado em 25/10/2022 às 11:49

Komura diz que chegou a hora de colocar em prática os projetos desenvolvimentistas para a cidade (Divulgação - Câmara de Mogi)

Olá, quer continuar navegando no site de forma ilimitada?

E ainda ter acesso ao jornal digital flip e contar com outros benefícios, como o Clube Diário?

Já é assinante O Diário Exclusivo?
FALA, SECRETÁRIO

Komura fala de planos para desenvolver setor industrial de Mogi

Futuro secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Inovação tem planos para ajudar na modernização do parque industrial mogiano.

Darwin Valente
25/10/2022 às 10:48.
Atualizado em 25/10/2022 às 11:49

Komura diz que chegou a hora de colocar em prática os projetos desenvolvimentistas para a cidade (Divulgação - Câmara de Mogi)

O futuro secretário de Desenvolvimento Econômico e Inovação de Mogi das Cruzes, vereador Pedro Komura, diz que chegou a hora de colocar em prática os projetos desenvolvimentistas para a cidade, que sempre defendeu como vereador.

“É hora de tirar tudo isso do papel tudo isso”, disse Komura, que pretende dar continuidade aos projetos já em andamento na Secretaria, mas também tem pelo menos um grande plano para ser colocado em prática.

Trata-se de uma parceria com o Centro Tecnológico de São José dos Campos, que poderá dar suporte a projetos de modernização das indústrias da cidade, que poderão se valer do apoio e respaldo dos especialistas antenados com o que há de mais moderno no setor.

Komura cita como exemplo a NGK do Brasil que está em busca de novas opções para o seu setor produtivo, já que as velas de ignição para automóveis estão com seus dias contados, por conta da modernização das automobilísticas que, pouco a pouco, estão dispensando esses produtos em seus novos modelos.

“Junto com o pessoal de lá, eles poderão desenvolver novos produtos”, afirma Komura, que inclui entre seus projetos de modernização a vinda para Mogi de um centro educacional para formação de trabalhadores especializados em veículos elétricos, uma inovação que deve ser irreversível para o atual mercado.

Vamos ajudar a gerar empregos”, promete o futuro secretário. Com a formação de mão de obra especializada, ele acredita que poderá também auxiliar os produtores rurais de Mogi a eletrificar  antigos pequenos tratores, do tipo Tobatta, movido a diesel e que poderão ganhar mais economia e produtividade com a alteração da fonte energética.

Também na irrigação, as atuais bombas movidas a óleo diesel poderão ser eletrificadas para funcionar com energia solar. Além disso, o pessoal formado no setor poderá cuidar de consertos de patinetes e bicicletas elétricas, cada vez mais comuns no mercado atual, sem contar com a atuação junto a grandes empresas, como EDP e o grupo Julio Simões, que também está transformando a sua frota em veículos elétricos.

“Minha preocupação sempre foi com o desenvolvimento econômico de Mogi e agora vamos poder atuar na busca de geração de novos empregos e do crescimento da cidade”, promete Komura.

Quem é?

O vereador Pedro Komura (PSDB), que deixará a Câmara Municipal para ocupar o cargo de secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Inovação, tem demonstrado desenvoltura em negociações para tentar trazer investimentos para a cidade, durante o seu mandato.

Agora, no cargo de secretário, poderá concretizar, por exemplo, uma série de entendimentos que vinha fazendo, nos últimos tempos, para colocar Mogi das Cruzes na rota do promissor mercado de veículos elétricos, inclusive com a criação de escola para preparação de funcionários especializado, por meio de um projeto do Instituto Brasileiro de Eletromobilidade (Ibemob).

A ideia que Komura poderá agora pôr em prática é a transformação de Mogi na “cidade internacional da mobilidade elétrica”, como ele chegou a comentar com este jornal.

Komura sempre foi um vereador preocupado com o desenvolvimento econômico da cidade. Ele participou ativamente das tentativas de trazer a indiana Mahindra, uma das maiores fábricas de tratores do mundo, para Mogi, o que acabou não acontecendo, por fatores de ordem macroeconômica.

Também atuou junto ao empresário Fumio Horii na tentativa de direcionar investimentos para a área localizada entre os distritos de Braz Cubas e Jundiapeba, adquirida por ele, alguns anos antes de sua morte em razão da Covid-19.

Decano

Prestes a completar 68 anos, Komura é o vereador mais antigo da Câmara Municipal de Mogi das Cruzes. Está no seu nono mandato de uma carreira política iniciada na eleição de 1988, que o levou para a Câmara no ano seguinte.

De lá até hoje, foram 33 anos vividos no Legislativos durante 33 anos e nove legislaturas.

Ele é mogiano, formado em Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e Direito pela Universidades Braz Cubas (UBC). Em 2011, cursou Pós-Graduação em Gerente de Cidades na Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP).

Concursado pelo Banco do Brasil, foi presidente da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB) no município e presidente do Bunkyo - Associação Cultural de Mogi das Cruzes.

Casado e pai de três filhos, ele é sócio proprietário do Escritório Komura e Miranda, que presta serviços de contabilidade, e como corretor de imóveis, atuando como proprietário da Komura Imóveis e Consultoria S/S Ltda.

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conosco
O Diário de Mogi© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por