MENU
BUSCAR
PREVENTIVA

GCM e Polícia Militar fazem ação preventiva na praça Francisca Campos Mello Freire

Reportagem de O Diário vem acompanhando os casos de aglomeração no local aos finais de semana

O DiárioPublicado em 12/09/2021 às 11:59Atualizado há 4 dias
Divulgação
Divulgação

Após reportagens de O Diário denunciando som alto, aglomeração e até agressão a morador da praça Francisca Campos Mello Freire, a praça dos Enfartados, a Guarda Municipal e a Polícia Militar realizaram uma ação preventiva no início da noite deste sábado (11). 

Por volta das 22 horas, viaturas das duas corporações estavam estacionadas na rua e também na praça para monitoramento do local. 

Há algumas semanas, a reportagem tem acompanhado a situação da área. Moradores vizinhos à praça relatam som alto, aglomeração e, no outro dia, o lixo formado de copos, garrafas e cacos de vidro. 

Um aposentado, de 82 anos, que mora em uma casa em frente à praça, foi agredido ao tentar que abaixassem o som alto dos carros. Um tiro chegou a ser disparado e o caso é investigado pela Polícia Civil.

A situação se agrava em um cenário de pandemia, com caso confirmado da variante delta do novo coronavírus em Mogi, que é cientificamente comprovada como mais transmissível. 

A Secretaria Municipal de Segurança informou em nota que foi realizada uma força tarefa, com equipes da Guarda Civil Municipal, da Polícia Militar e do Fiscalização de Posturas, com o objetivo de coibir aglomeração e perturbação do sossego público no local.

Ainda de acordo com a pasta, o resultado foi positivo, porque não houve reclamação de perturbação do sossego na área. Além da praça, a ação foi realizada em outros pontos da cidade, como na rua Casarejos, também alvo de denúncias de aglomerações e infrações às regras da pandemia, por parte de moradores vizinhos de estabelecimentos comerciais.

ÚLTIMAS DE Cidades