Entrar
Perfil
LUTO

Fundadora e sócia da Sancet é sepultada no Parque das Oliveiras, em Mogi

Tiyomi Kimura Ikegaya faleceu neste sábado (9), prestes a completar 75 anos, vítima de complicações hepáticas

Darwin Valente
10/07/2022 às 11:23.
Atualizado em 10/07/2022 às 17:45

Tiyomi Kimura Ikegaya completaria 75 anos no próximo dia 16 e era sócia e fundadora da Sancet Medicina Diagnóstica (Reprodução - Instagram @sejacaiocunha)

Foi sepultado às 14 horas deste domingo (10), no Cemitério Parque das Oliveiras, o corpo da professora, biomédica e empresária Tiyomi Kimura Ikegaya, 75 anos (a serem completados no próximo dia 16), sócia e fundadora da Sancet Medicina Diagnóstica, que morreu, no último sábado (9), no Hospital Ipiranga, onde estava internada para tratamento de complicações hepáticas. Tiyomi era casada com Toshio Ikegaya e deixa também os filhos Roberto Joji, Renato Yoshio e Erika Ikegaya, além de quatro netos.

A sócia de José de Moura Campos Neto na Sancet era uma pessoa discreta, muito dedicada ao trabalho e à família.

E foi graças ao trabalho dos sócios que o pequeno laboratório de patologia clínica (especialidade médica de apoio diagnóstico e terapêutico), surgido em Mogi das Cruzes, no dia 20 de janeiro de 1980, cresceu e, após 42 anos de atividades, estendeu suas atividades pela cidade e região, chegando hoje a 16 unidades, além da matriz. Com sete delas funcionando em Mogi (três na área central, mais Mogilar, César de Souza, Braz Cubas e Vila Oliveira), há outras três unidades em Suzano, além das instaladas em Itaquaquecetuba, Guararema, Ferraz de Vasconcelos, Poá, Biritiba Mirim, Santa Isabel e Arujá.

Tiyomi esteve sempre envolvida diretamente com as atividades da empresa que conquistou os certificados de Acreditação com Excelência nível 3 da Organização Nacional de Acreditação (ONA) e do Programa de Acreditação de Laboratórios (PALC). A Sancet foi o primeiro dos 116 laboratórios a serem acreditados pelo PALC, até agora, no País.

Repercussões

As páginas da Sancet nas redes sociais noticiaram a morte afirmando que “nossa sempre Tiyomi nos deixou para ir ao encontro de Deus. Será sempre lembrada pela grande história  e pela família maravilhosa que construiu, além de ter edificado  uma empresa embasada na confiança e respeito, sempre preocupada com o próximo”.

A apresentadora da TV Diário, Jéssica Leão, escreveu: “Uma imensurável perda. Meus sentimentos a todos os amigos e familiares”. 
Inúmeras outras pessoas postaram mensagens expressando sentimento pela perda.

“Que triste! Ótima professora, aquela que tirou o medo que tinha da Biologia, do jeito dela, brava e amável ao mesmo tempo! Com certeza, vai deixar saudades”, disse Élida Costa.

“A Tiyomi foi a primeira pessoa que acreditou em mim. Isso em 2001, quando existia um abismo entre sonho e o que ‘deveria ser’. Gratidão eterna, prometo honrar você”, afirmou o coach Glauco Rocha.

Para Sarah, “foi uma perda irreparável, ela era uma mulher incrível e deixará muitas saudades”.
“Meus sentimentos a toda família. Passamos bons momentos no Colégio Policursos”, afirmou Lílian Sernada.

“Que tristeza! Tão querida doutora Tiyomi. Meus sinceros agradecimentos à família e à família Sancet, onde ela esteve sempre tão feliz, durante uma vida. Siga em paz!”, disse Fabi Cardoso.

Prefeito

Nas redes sociais, o prefeito de Mogi, Caio Cunha (PODE), também comentou sobre a morte de Tiyomi, que deu aulas para ele durante a adolescência.

"A Dra. Tiyomi foi minha professora durante boa parte da minha adolescência. Professora severa e rigorosa que ministrava o mesmo tema de aula que a minha mãe: Biologia.

Ela foi escolhida para nos acompanhar na viagem de formatura do 3° colegial (hoje ensino médio). Assim que chegamos a Natal/RN ela chamou todos os alunos e simplesmente disse: 'Vocês são bem grandinhos e responsáveis. Encontro vocês no dia de ir embora. Se precisarem, me procurem'.

Depois soubemos que ela nos monitorava à distância e estava atenta a tudo o que fazíamos. Mas ela fez um grupo de adolescentes se sentirem responsáveis e independentes, tudo o que precisávamos para o novo ciclo que se iniciaria em nossas vidas.

A professora Tiyomi marcou a história de muita gente. Obrigado, professora!", escreveu.

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conosco
O Diário de Mogi© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por