Entrar
Perfil
VICINAIS

Estado investirá R$ 53 milhões em obras nas estradas da Volta Fria e de Sabaúna em Mogi

Para realizar as obras, que começam nos próximos dias, a Secretaria Estadual de Transportes investirá R$ 42 milhões na Volta Fria, e mais R$ 11 milhões na estrada que liga César de Souza e Sabaúna

Silvia Chimello
15/07/2022 às 14:30.
Atualizado em 15/07/2022 às 15:19

Empreiteira realiza levantamentos topográficos e os serviços de limpeza na Volta Fria para iniciar as obras nos próximos dias. (Foto: arquivo / O Diário)

Olá, quer continuar navegando no site de forma ilimitada?

E ainda ter acesso ao jornal digital flip e contar com outros benefícios, como o Clube Diário?

Já é assinante O Diário Exclusivo?
VICINAIS

Estado investirá R$ 53 milhões em obras nas estradas da Volta Fria e de Sabaúna em Mogi

Para realizar as obras, que começam nos próximos dias, a Secretaria Estadual de Transportes investirá R$ 42 milhões na Volta Fria, e mais R$ 11 milhões na estrada que liga César de Souza e Sabaúna

Silvia Chimello
15/07/2022 às 14:30.
Atualizado em 15/07/2022 às 15:19

Empreiteira realiza levantamentos topográficos e os serviços de limpeza na Volta Fria para iniciar as obras nos próximos dias. (Foto: arquivo / O Diário)

A Secretaria Estadual de Transportes informa que as obras de pavimentação da estrada da Volta Fria e os serviços de recuperação da estrada velha de Sabaúna devem começar nos próximos dias, com investimento estimado em R$ 53 milhões para execução dos serviços nas duas vicinais. 

A pasta esclarece que na Volta Fria que os recursos previstos para a execução do projeto é de R$ 42 milhões e explica que já foram iniciados os levantamentos topográficos e os serviços de limpeza. O prazo de entrega é de 18 meses,

Já na estrada velha de Sabaúna, o Departamento de Estradas e Rodagem (DER) informa que estão sendo investidos R$ 11 milhões em serviços de recuperação funcional, implantação de drenagem superficial e subterrânea, e alteamento do greide (nivelamento) na via. “Os serviços começam nos próximos dias, com previsão de conclusão para o primeiro semestre de 2023”, informa a pasta de Transportes.

Sabaúna

Para recuperar a estrada que liga os distritos de César de Souza á Sabaúna, o município firmou um convênio entre o Município e o DER, que envolve a execução de obras de pavimentação e serviços de recuperação da estrada vicinal, que há muito tempo se encontra em péssimas condições de tráfego.

Serviços de recuperação da estrada velha de Sabaúna serão executados pelo DER (Arquivo)

Denominada avenida Romilda Pecorari Nor, a estrada com 6,7 quilômetros de extensão, a via é muito utilizada por turistas e por ciclistas que fazem passeios pelo local, especialmente aos finais de semana. É o caminho inicial da Rota da Luz para peregrinos que seguem pelo caminho até Aparecida.

A execução dos serviços será de responsabilidade do DER. Apesar de não ter previsão de contrapartida para a Prefeitura, o convênio determina que se houver possíveis interferências no projeto, os custos gerados devem ser absorvidos pelo orçamento da Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana.  Isso significa que o Executivo estará autorizado a promover ajustes, adequações e ou prorrogações direcionadas para consecução de suas finalidades, desde que arque com as despesas.

Durante as obras, caberá ao DER além de executar os serviços através de licitação; acompanhar e fiscalizar a execução do projeto; fazer o plantio de grama nos taludes de corte e aterro, quando necessário; implantar a sinalização e fiscalização adequadas ao tráfego.

O Município terá a função de liberar as áreas necessárias às obras e serviços, de modo que não ocorram retardamentos na sua execução, e remover benfeitorias existentes ao longo do trecho que dificultem a execução das obras e serviços, restabelecer ou construir as cercas divisórias; elaborar os estudos ambientais necessários complementar os serviços de plantio de grama nas áreas não previstas e necessárias à proteção de erosões, e outras tarefas

Volta Fria

As obras de recuperação da Volta Fia, segundo o DER, também começam a  ser iniciadas. “Foram finalizados os levantamentos topográficos e os serviços de limpeza terão início nos próximos dias”, informou a Secretaria de Transportes do Estado.

A vicinal, que tem 6 quilômetros de extensão da vicinal, começa na avenida Perimetral, no entroncamento com a estrada do Pavan, e segue até as proximidades da estação ferroviária do distrito de Jundiapeba.

Os serviços de pavimentação e retificação estão sendo executados pela construtora Kamilus, que está fazendo as demarcações para o início da obra de pavimentação e construção de uma nova ponte sobre o rio Tietê, feita com estruturas de madeira e aço, que atualmente está impossibilitada de receber veículos mais pesados em razão das péssimas condições de segurança.

O projeto a ser executado num período de 10 meses irá custar R$ 42 milhões. Está incluído ainda 5,5 km da estrada vicinal do Furuyama, via que liga a estrada da Volta Fria, nas proximidades do bairro do Rio Abaixo, até o município de Suzano. O plano a ser seguido pela Kamilos inclui, além da drenagem, pavimentação e retificação de alguns pontos, a implantação de sinalização horizontal e vertical, também para oferecer mais segurança aos usuários.

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conosco
O Diário de Mogi© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por