MENU
BUSCAR
ACIDENTE

Em Mogi, ciclista é atropelado e motorista foge sem prestar socorro

Alessandro Palazzi, 40, teve sangramento na cabeça e está internado em estado grave no Hospital das Clínicas Luzia de Pinho Melo

Heitor HerrusoPublicado em 06/06/2021 às 16:53Atualizado há 9 dias
Reprodução - Facebook
Reprodução - Facebook

Ao pedalar perto de casa na manhã deste domingo (6), o ciclista mogiano Alessandro Palazzi, 40, foi atropelado por um carro, na avenida Yoshiteru Onishi, no Mogilar. O motorista fugiu do local, mas segundo a família da vítima - que foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros ao Hospital das Clínicas Luzia de Pinho Melo - ele se entregou à polícia algumas horas após o acidente, que aconteceu por volta das 7h20.

De acordo com prima de Alessandro, Carla Brandão, ele está "intubado e teve sangramento na cabeça". O ciclista, que é vendedor, estava pedalando sozinho, a poucos metros de casa, quando foi atingido pelo carro.

Ainda segundo Carla, o pai da vítima registrou um boletim de ocorrência e, embora não tivesse em mãos a placa do veículo, descobriu que "o motorista se entregou". Ela, porém, não sabe dizer em qual delegacia isso aconteceu ou a identidade do motorista.

Lamento

Um dos representantes do Coletivo MTB Mogi, que representa o ciclismo na cidade, Ubirajara Nunes, mais conhecido como “Bira”, lamenta o ocorrido.

"Tivemos um aumento astronômico de ciclistas desde 2020. Infelizmente a tendência é também o aumento do número de acidentes envolvendo ciclistas. É extremamente necessário o aumento de campanhas de conscientização de respeito ao ciclista e uma maior fiscalização quanto a segurança, principalmente aos finais de semana", diz ele.

ÚLTIMAS DE Cidades