Entrar
Perfil
DIA DAS CRIANÇAS

Comércio está otimista com as vendas do Dia das Crianças

As expectativas do setor são de aumento de 3% até 25% noS negócios em comparação com o ano passado. A previsão positiva é estimulada pelo fim das restrições mais severas promovias pela pandemia pela Covid-19.

Silvia Chimello
11/10/2021 às 18:08.
Atualizado em 11/10/2021 às 18:19

Comércio de Mogi espera aumentar as vendas do Dia das Crianças (Eisner Soares/O Diário)

Olá, quer continuar navegando no site de forma ilimitada?

E ainda ter acesso ao jornal digital flip e contar com outros benefícios, como o Clube Diário?

Já é assinante O Diário Exclusivo?
DIA DAS CRIANÇAS

Comércio está otimista com as vendas do Dia das Crianças

As expectativas do setor são de aumento de 3% até 25% noS negócios em comparação com o ano passado. A previsão positiva é estimulada pelo fim das restrições mais severas promovias pela pandemia pela Covid-19.

Silvia Chimello
11/10/2021 às 18:08.
Atualizado em 11/10/2021 às 18:19

Comércio de Mogi espera aumentar as vendas do Dia das Crianças (Eisner Soares/O Diário)

O comércio de Mogi das Cruzes já registra aumento no movimento das lojas nos últimos dias com as vendas do Dia das Crianças. A procura maior está sendo esperada para esta segunda-feira (11), véspera da data. Na terça-feira boa parte do comércio de brinquedos e artigos infantis deve permanecer aberto na cidade. As expectativas de alguns setores são de aumento de 3% a 25% no volume de negócios em comparação com o ano passado. A previsão positiva é estimulada pelo fim das restrições mais severas geradas pela Covid-19.

O movimento mais intenso nas lojas foi observado pelo Sindicato do Comércio Varejista de Mogi das Cruzes e região (Sincomércio), que espera chegar a um aumento de 25% nas vendas em comparação com 2020, período de restrições por conta da Covid-19. Os números, no entanto, devem se manter no mesmo patamar de 2019.

A Associação Comercial de Mogi das Cruzes (ACMC) também aposta no crescimento das vendas, mas prevê um percentual mais tímido, de 3%, em comparação ao mesmo período do ano passado. A entidade observa que é a terceira melhor data para o varejo brasileiro e só perde para o Natal e o Dia das Mães.

A data de 12 de outubro, segundo a Associação, também é um termômetro para o comércio, que aguarda as festas de fim de ano, que movimentam diversos setores da economia.

O otimismo da entidade está relacionado também à pesquisa divulgada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), que prevê a movimentação de R$ 7,43 bilhões em todo Brasil. Se confirmar, o volume será o maior desde 2015, quando a data gerou R$ 7,52 bilhões em negócios. Os brinquedos e eletroeletrônicos devem liderar as listas de presentes, seguido pelos setores de vestuário, calçados e acessórios.

 Sincomércio

O presidente do Sincomércio de Mogi, Valterli Matrinez, espera uma elevação das vendas de 25% a 30% neste ano, comparando com 2020, mas mesmo assim acredita que os lojistas ainda não vão conseguir superar as vendas de 2019, época em que a economia já dava sinais de recessão, um problema que ampliou muito no ano passado, com os limites impostos pela Covid-19.

“Esperamos que as projeções sejam confirmadas, porque a percepção é de quem as vendas estão boas, bem melhores do que no ano passado. Os comerciantes estão registrando aumento nas vendas, mas ainda não estão batendo os números projetados. Esperamos que entre hoje (11) e amanhã seja possível bater o índice nas vendas, o seria um resultado que razoável para manter as empresas abertas”, avalia.

Apesar da previsão de alta, ele também admite que problemas com a crise econômica podem frustrar essa expectativa, já que os consumidores estão enfrentando cos as dificuldades financeiras e queda de renda das famílias.

O Sincomércio informa que a maioria das lojas deve funcionar neste feriado. Mais de 70% delas tem autorização do Sindicato dos Comerciários para abrir nesta terça-feira. O pedido de licença para abrir as portas nessas ocasiões é preciso para que os funcionários possam trabalhar em dias de feriado. Se a empresa não tiver funcionários, o dono nem precisa de permissão para abrir as portas.

 Associação Comercial

Segundo dados apontados pela Associação Comercial, que mantém uma previsão de elevação de 3% nos negócios em Mogi, apenas no estado de São Paulo, o Dia das Crianças deve gerar R$ 2,68 bilhões em vendas. A expectativa positiva do comércio é puxada, em parte, pelo fim das restrições mais severas geradas pela Covid-19.

A situação, de acordo com a ACMC, é bem diferente do ano passado, quando o varejo amargou a menor movimentação financeira (R$ 6,52 bilhões) desde 2009 (R$ 6,18 bilhões) com a redução de 11,3% no faturamento real se comparado com 2019 (R$ 7,35 bilhões). Assim, os bons resultados esperados para este ano se devem, especialmente, à fraca base comparativa de 2020 e segue a tendência de crescimento observada antes da pandemia.    

 Lojistas

A empresária Silvia Maria Cury Pinheiro Franco, proprietária da Sucena Brinquedos, a busca pelos presentes está bastante variada. “Notamos a procura pelos carrinhos de controle remoto, jogos, patinetes, que tem sido a opção de muitos pais, além dos carrinhos de passeio infantil e bicicletas”, detalhou.

A empresária informa que o movimento de clientes vem aumentando gradativamente nos últimos dias. “Agora, com o pagamento, a procura pelos presentes deve se intensificar. Para atender a todos, vamos abrir no domingo e no feriado”, acrescenta.

 Promoção

A Associação Comercial informa que neste mês de outubro vai encerrar a campanha Compre no Comércio Local. Para fechar a promoção, o último sorteio acontece no dia 14. A entidade observa que ainda dá tempo de participar. Para isso, basta adquirir R$ 50,00 em compras nas lojas participantes.

O presidente interino da ACMC, Mohamad Issa, detalha que “o papel da Associação Comercial é apoiar, promover campanhas e ações para que os comerciantes se sintam incentivados e representados. Com a conclusão desta iniciativa, em breve, já começaremos a divulgação da Campanha de Natal, que é uma tradição no comércio mogiano”.

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conoscoConteúdo de marcaConteúdo de marca
O Diário de Mogi© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por