Entrar
Perfil
MANIFESTAÇÃO

Com pouca adesão, moradores da Vila São Francisco vão à prefeitura

Protesto no dia da Abolição da Escravatura repudia o racismo, a escravidão, mas a falta de moradias também vira foco

Heitor Herruso
13/05/2022 às 17:54.
Atualizado em 13/05/2022 às 18:16

Ao fundo, uma das faixas estampa a seguinte frase: "Caio Cunha tem despreso (sic) pelos direitos humanos e moradia" (Divulgação - Luiz Ricardo Alves)

Olá, quer continuar navegando no site de forma ilimitada?

E ainda ter acesso ao jornal digital flip e contar com outros benefícios, como o Clube Diário?

Já é assinante O Diário Exclusivo?
MANIFESTAÇÃO

Com pouca adesão, moradores da Vila São Francisco vão à prefeitura

Protesto no dia da Abolição da Escravatura repudia o racismo, a escravidão, mas a falta de moradias também vira foco

Heitor Herruso
13/05/2022 às 17:54.
Atualizado em 13/05/2022 às 18:16

Ao fundo, uma das faixas estampa a seguinte frase: "Caio Cunha tem despreso (sic) pelos direitos humanos e moradia" (Divulgação - Luiz Ricardo Alves)

Moradores da Vila São Francisco, em Mogi das Cruzes, alugaram dois ônibus para ir ao Centro da cidade nesta sexta-feira (13), dia em que é celebrada a Abolição da Escravatura. Mais de 300 famílias vivem no local, mas poucos estiveram em frente à Prefeitura para manifestar.

Com faixas que repudiam o racismo e a escravidão, ele falaram também sobre a falta de moradia.

Luiz Ricardo Alves, 36 anos, líder do movimento, explicou a O Diário que o ponto da discussão é, na verdade, revelar a "falsa abolição da escravatura", mostrando "para a sociedade civil que vivemos sob influência de um racismo estrutural", já que "na história, o negro 'liberto' foi empurado para a margem da sociedade, obrigado a ocupar morros e lugares distantes". Endereços como a Vila São Francisco, ele diz.

"Gostaríamos de sensibilizar a administração. Estas famílias sofrem os impactos da desigualdade por gerações, e não se pode criminalizar a pobreza. O Estado tem o dever de acolhe-los, pois se faz necessário uma reparação histórica".

A administração pública já se manifestou a respeito, alegando que existe uma fila de déficit habitacional na cidade que precisa ser cumprida.

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conoscoConteúdo de marcaConteúdo de marca
Copyright © - 2022 - O Diário de MogiÉ proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuído por