O padre Sérgio de Miranda Campos, que atuava na Paróquia Sagrada Família, no bairro do Botujuru, está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Municipal de Braz Cubas, com diagnóstico de Covid-19. Ele está sedado para tratar problemas respiratórios provocados pela doença. Há alguns dias, a Diocese de Mogi das Cruzes havia substituído o religioso do comando da paróquia.

Ele foi hospitalizado na última segunda-feira, e segundo a assessoria de Imprensa da Diocese, ele está sedado. O padre Sérgio de Miranda Campos tem 50 anos, nasceu em Salesópolis e foi ordenado há seis anos. Ele começou os estudos vocacionais 16 anos atrás no Seminário Missionário Arquidiocesano Redemptoris Mater, em Brasília. Em 2000, foi transferido para o Seminário Missionário Redemptoris Mater de Lisboa, e na Universidade Católica Portuguesa iniciou a formação acadêmica. Retornou ao Brasil em 2009 e, em Mogi das Cruzes, deu continuidade a formação no Seminário Diocesano Sagrado Coração de Jesus. Ele foi ordenado em 2014 pelo bispo diocesano de Mogi das Cruzes, dom Pedro Luiz Stringhini, em celebração na Catedral de Santana, em Mogi das Cruzes.

Na região, já atuou nas paróquias São Pedro Apóstolo, São Benedito e Nossa Senhora Aparecida e São Roque (Mogi das Cruzes) e Nossa Senhora das Graças (Itaquaquecetuba). Seu ministério diaconal foi realizado na paróquia Nossa Senhora da D’Ajuda, em Itaquaquecetuba. Ele atuou em Suzano e, mais recentemente, na paróquia do Botujuru.

No início deste mês, a Diocese de Mogi das Cruzes divulgou que o religioso havia renunciado ao cargo, e que iria se dedicar a outras atividades. Para o lugar dele, foi escalado o padre Thiago Cosmo da Silva, que respondia, até então, como vigário da Catedral de Santana.

Na atualidade, segundo o  padre Rafael Rodrigues Xavier, assessor de Comunicação da Diocese, apenas o padre Sérgio enfrenta a doença entre os demais sacerdotes que atuam nas cidades do Alto Tietê. 

Em comunicado divulgado pelas redes sociais, a Diocese de Mogi das Cruzes pede orações pelo restabelecimento do religioso.