Entrar
Perfil
MOBILIDADE URBANA

Câmara propõe a construção da quinta estação da CPTM em Mogi

Em documento encaminhado ao Governo do Estado, representantes da Comissão de Transportes e Segurança Pública sugerem que o equipamento tenha acesso pela Avenida das Orquídeas e receba o nome Fumio Horii

Silvia Chimello
15/07/2022 às 07:06.
Atualizado em 15/07/2022 às 09:39

Comissão de Transportes quer ampliar número de estações de trem na cidade (Divulgação)

Olá, quer continuar navegando no site de forma ilimitada?

E ainda ter acesso ao jornal digital flip e contar com outros benefícios, como o Clube Diário?

Já é assinante O Diário Exclusivo?
MOBILIDADE URBANA

Câmara propõe a construção da quinta estação da CPTM em Mogi

Em documento encaminhado ao Governo do Estado, representantes da Comissão de Transportes e Segurança Pública sugerem que o equipamento tenha acesso pela Avenida das Orquídeas e receba o nome Fumio Horii

Silvia Chimello
15/07/2022 às 07:06.
Atualizado em 15/07/2022 às 09:39

Comissão de Transportes quer ampliar número de estações de trem na cidade (Divulgação)

Os vereadores de Mogi defendem a construção de nova estação de de trem da Companhia Paulista de Trens Metropolitana entre os distritos de Braz Cubas e Jundiapeba, com acesso à Avenida das Orquídeas. A moção que reivindica o novo equipamento, aprovada durante a sessão desta quarta-feira (13), será encaminhada ao Governo do Estado.

No documento, apresentado pela Comissão Permanente de Transportes e Segurança Pública, os integrantes da Pasta, presidida pelo vereador Iduigues Martins (PT), com a participação dos vereadores Francimário Vieria, Farofa (PL), Marcelo Brás (PSDB), Maurino José da Silva (Pode) e Edson Alexandre Pereira (MDB) -, sugerem que a nova estação receba o nome Fumio Horii.

No passado recente, quando a cidade cobrava as obras das estações, houve uma sugestão para que a Estação Braz Cubas fosse levada para alguns metros à frente do atual, justamente para favorecer o desenvolvimento dessa região da avenida das Orquídeas. Agora, os vereadores sugerem a chegada de mais um terminal na cidade - seria o quinto da Linha 11, integrada por Jundiapeba, Braz Cubas, Mogi das Cruzes (centro) e Estudantes  - a de César de Souza recebe apenas trens de carga.

Segundo os vereadores, a nova parada de passageiros é necessária porque aquela região que concentra os dois maiores distritos da cidade - Jundiapeba e Braz Cubas – deve crescer ainda mais com os novos empreendimentos planejados para o local, “aumentando dessa forma a demanda de usuários de transportes de passageiros, que necessita constantemente e diariamente utilizar os transportes para de deslocar de suas atividades – laborativas, comercias, educacionais, culturais, recreativas, para o centro da cidade e de outros municípios”.

Além de citar empreendimentos habitacionais e o projeto de construção de um shopping center,  que estaria nos planos da família Horii, na moção, os autores citam como exemplo dessa expansão, o Santuário de Nossa Senhora Desatadora dos Nós, que já começou a ser instalado na Avenida das Orquídeas, via que passará a se chamar Comendador Fumio Horii, em homenagem ao empresário falecido em 2021 por complicações da Covid-19,  que fez a doação da área e ainda possui imóveis destinados ao desenvolvimento da cidade e da região.

“Essa moção foi pensando exatamente que ali vai ser um polo de desenvolvimento da cidade, é uma área gigantesca que, com certeza, receberá grandes investimentos. De concreto, já há o santuário em construção e se fala em condomínios, polos comerciais, mas, de fat,o a distância entre as estações de Jundiapeba e Braz Cubas justifica a construção de mais uma estação, entre esses dois pontos”, complementou Iduigues Martins (PT).

A vereadora Inês Paz (PSOL) apoiou a proposta, mas tem dúvidas se o pedido vai ser atendido. “Espero que de fato seja concretizada, estamos batalhando por muitas questões junto à CPTM, mas não custa tentar, sabemos que é difícil conseguirmos, mas que o governador faça valer o pedido de apelo da Comissão de Transportes”, declarou.

“Sabemos que a construção de uma nova estação de trem demanda muito tempo e recurso financeiro, neste meio tempo a gente precisa atender a demanda da população que se deslocam para o templo de Nossa Senhora Desatadora dos Nós, quero reforçar um pedido de estudos para colocação de um ponto de ônibus próximo ao santuário”, acrescentou José Luiz Furtado (PSDB).

O pedido dos vereadores de Mogi é endereçado ao governador do Estado, Rodrigo Garcia, ao secretário de Transportes Metropolitanos, Marco Assalve, e ao presidente da CPTM, Pedro Tegon Moro.

Espera

Há mais de uma década, a cidade espera a construção dos novos terminais para equiparar as estações mogianas às demais da Linha 11. A CPTM busca, por meio de concessão, executar os projetos em Jundiapeba, Mogi das Cruzes e Estudantes. Já a Estação Braz Cubas terá um projeto próprio, segundo tem afirmado a direção da estatal (veja matéria).

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conosco
O Diário de Mogi© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por