Entrar
Perfil
MEIO AMBIENTE

Após corte de árvore, Prefeitura promete plantio de nova espécie em calçada

Chapéu de sol foi cortado pela equipe da Secretaria de Serviços Urbanos em frente à casa, no Conjunto São Sebastião

O Diário
04/07/2022 às 18:02.
Atualizado em 04/07/2022 às 19:29

Funcionários da Prefeitura cortaram árvore em calçada do Conjunto São Sebastião

O corte de uma árvore da espécie Amendoeira (Terminalia catappa), popularmente conhecida como Chapéu de Sol ou Chapéu de Praia, com cerca de três metros de altura, da calçada da rua Narciso Nunes Cabral, no Conjunto São Sebastião, em Mogi das Cruzes, gerou indignação na manhã desta segunda-feira (4).

Os moradores do número 33 da via, responsáveis pelo plantio da árvore que servia de abrigo e até o último verão ofereceu sombra para carros e pedestres nos dias de sol, contam que foram surpreendidos pelo barulho da motosserra.

"Minha mulher estava em reunião de trabalho pela internet, com fone de ouvido. Escutei o barulho da motosserra e fui ver o que era. Quando abri o portão, os funcionários da Prefeitura já estavam cortando a árvore, sem qualquer aviso ou comunicação. Disseram que ela iria morrer porque estava com os galhos secos. Ainda expliquei que no inverno ela sempre fica assim, mas que o tronco estava verde, como dá para ver nas fotos e na filmagem que fiz na hora, e logo as folhas voltariam, mas não teve conversa", relata o morador, que terá o nome preservado.

Após vivenciar a cena, o morador fez contato com a Secretaria Municipal do Meio Ambiente, questionando a ação da equipe da Secretaria de Serviços Urbanos, e recebeu a informação que o caso será averiguado e a promessa de que outra árvore da mesma espécie será plantada na calçada de sua casa.

"O pouco que restou do tronco ficou na calçada, colocando em risco a passagem de pedestres, principalmente crianças, idosos e deficientes. Além disso, como não foi feita a remoção total desta parte, não há como plantar outra árvore no local. Ficamos indignados, porque pedem tanto aos moradores para que plantem árvores, mas chegaram aqui e já foram cortando tudo, sem qualquer aviso ou explicação para nós, que plantamos e cuidamos da árvore durante anos", completa o morador. 

Procurada pela reportagem, a Prefeitura de Mogi enviou a seguinte nota: "A Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente informa que uma equipe técnica do setor de poda – que conta com um engenheiro agrônomo – esteve no local na manhã desta segunda-feira (4/6) e verificou que a árvore em questão estava comprometida, seca, sem folhas e seus galhos apresentavam risco iminente de queda, o que comprometia a segurança dos pedestres. A secretaria está analisando o caso e fará o plantio de uma nova espécie na calçada, como forma de compensação ambiental pela árvore que foi retirada".

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conosco
O Diário de Mogi© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por