Entrar
Perfil
EDUCAÇÃO

Após 2 meses, escola estadual de Mogi volta a servir refeições a alunos

Problema ocorreu na E.E. Gabriel Pereira durante a reforma da cozinha da unidade de ensino

Carla Olivo
23/03/2022 às 17:21.
Atualizado em 23/03/2022 às 18:17

Alunos da E.E. Gabriel Pereira voltaram a receber refeições nesta quarta-feira (23) (Arquivo O Diário)

Olá, quer continuar navegando no site de forma ilimitada?

E ainda ter acesso ao jornal digital flip e contar com outros benefícios, como o Clube Diário?

Já é assinante O Diário Exclusivo?
EDUCAÇÃO

Após 2 meses, escola estadual de Mogi volta a servir refeições a alunos

Problema ocorreu na E.E. Gabriel Pereira durante a reforma da cozinha da unidade de ensino

Carla Olivo
23/03/2022 às 17:21.
Atualizado em 23/03/2022 às 18:17

Alunos da E.E. Gabriel Pereira voltaram a receber refeições nesta quarta-feira (23) (Arquivo O Diário)

Os alunos da Escola Estadual Gabriel Pereira, no Conjunto Habitacional Braz Cubas, em Mogi das Cruzes, voltaram a receber as refeições preparadas na unidade de ensino nesta quarta-feira (23), após dois meses em que a cozinha passou por reforma. Neste período de obras, os estudantes tinham apenas bolachas e suco, o que gerou reclamações de pais e responsáveis.

Avó de uma aluna do Ensino Médio que faz uso de medicação especial e não pode ficar sem alimentação, a aposentada Márcia Terezinha de Camargo estava indignada com a situação. "Por que não fizeram a reforma da cozinha durante as férias? Nós ligávamos todos os dias para reclamar porque os estudantes não podiam nem levar lanche de casa, já que não era permitido", contou.

Segundo Márcia, a neta dizia que, muitas vezes, sentia até tontura de tanto tempo sem comer. "Ela estuda das 7 horas até 12h35 e neste período todo, eram servidos apenas bolachinhas com suco de uva. A sorte é que ela tem como tomar café da manhã antes de ir para a escola, mas há muitos alunos que não têm esta condição", lamenta.

Procurada por O Diário, a assessoria de imprensa da Secretaria de Estado da Educação informou que enquanto a cozinha da unidade passou pela reforma, finalizada na última terça-feira (22), os estudantes foram atendidos com merenda não manipulada. "E hoje (23) já foi servida alimentação manipulada", afirmou.

  

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conosco
O Diário de Mogi© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por