MENU
BUSCAR
Sem Atendimento

Agência do Santander, em Mogi, está fechada por conta da Covid

Sindicato dos Bancários afirma que uma funcionária contraiu a doença; Banco disse apenas que fechamento é “em respeito aos protocolos de saúde e segurança” e que atendimento será retomado na segunda.

Larissa RodriguesPublicado em 07/01/2022 às 11:36Atualizado há 9 dias
Unidade está fechada desde quarta-feira, adotando os protocolos de saúde e segurança / Reprodução - Google Maps
Unidade está fechada desde quarta-feira, adotando os protocolos de saúde e segurança / Reprodução - Google Maps

Em Mogi das Cruzes, a agência de número 3207 do Santander, que fica na Avenida Voluntário Fernando Pinheiro Franco, 649, esquina com a Rua Presidente Campos Salles, no Centro, está fechada. De acordo com o banco, o fechamento é “em respeito aos protocolos de saúde e segurança” e o atendimento deverá ser retomado na segunda-feira (10). Já o Sindicato dos Bancários afirmou que uma das funcionárias contraiu Covid e a unidade está fechada desde quarta-feira (5).

“O que o Santander vem fazendo, desde o início da pandemia, é fechar a unidade caso algum funcionário teste positivo para a Covid. E foi o que aconteceu nessa unidade. A funcionária contraiu a doença e eles fecharam as portas, para que o local pudesse ser higienizado e para que os outros funcionários possam fazer o teste sem que haja 'falso negativo'. E eles estão certos”, explica o presidente do Sindicado, Clayton Teixeira Pereira.

A reportagem questionou o Santander sobre quais são os protocolos adotados em casos positivos da doença e se outros funcionários contraíram a Covid, mas não obteve resposta.

Por meio de nota, o banco apenas informou que “a agência localizada na Av. Voluntário Fernando Pinheiro Franco, 649, em Mogi das Cruzes (SP), em respeito aos protocolos de saúde e segurança, está fechada. O autoatendimento opera normalmente. A reabertura está programada para segunda-feira, 10/01. Neste período, os clientes têm como alternativa as agências da Av. Voluntário Fernando Pinheiro Franco, números 85 e 175”.

ÚLTIMAS DE Cidades