MENU
BUSCAR
IMUNIZAÇÃO

47+ terá agenda reaberta; 43+ ainda segue sem previsão em Mogi

Agendamento online poderá ser feito a partir das 10 horas desta quinta-feira (24) no Clique Vacina do site da Prefeitura

Carla OlivoPublicado em 23/06/2021 às 19:04Atualizado há 1 mês
Eisner Soares
Eisner Soares

Os moradores de Mogi das Cruzes com idade a partir de 47 anos, sem comorbidades, podem agendar a aplicacação da primeira dose da vacina contra a Covid-19 nesta quinta-feira (24).

O sistema Clique Vacina do site da Prefeitura Municipal será reaberto para esta faixa etária a partir das 10 horas.

Segundo a Coordenadoria de Comunicação, ainda não há data prevista para o início do agendamento da imunização para o público acima de 43 anos na cidade.

Para as aplicações de vacinas nesta sexta (25) e sábado (26), nos pontos de drive thru do Pró-Hiper, no Mogilar, e do centro esportivo da Associação Cultural de Mogi das Cruzes, o Bunkyo, e ainda no Centro Municipal de Programas Educacionais (Cempre) Lourdes Lopes Romeiro Iannuzzi, em Jundiapeba, para quem chega a pé, serão disponibilizadas cerca de 2,7 mil doses distribuídas entre os três imunizantes enviados pelo Governo do Estado: Coronavac, Astrazeneca e Pfizer. 

O agendamento online deve ser feito no site http://www.cliquevacina.com.br e, para receber a dose no local, é necessário apresentar documentos pessoais (RG e CPF) e comprovante de endereço.

“Pedimos que as pessoas respeitem os horários agendados e realizem o cadastro antecipado no ‘Vacina Já’, do Governo do Estado”, explica a secretária municipal de Saúde, Andréia Godoi. 

O preenchimento antecipado do cadastro é uma forma de reduzir o tempo de espera na vacinação. O endereço é https://vacinaja.sp.gov.br/. 

Situação de rua

Nesta quarta-feira (23), a Prefeitura de Mogi iniciou a imunização contra a Covid-19 de pessoas em situação de rua, resultado da parceria entre as secretarias municipais de Saúde e Assistência Social, que fizeram levantamento desse público e providenciaram documentos e cadastros para o atendimento.

A vacinação aconteceu no Centro POP e nas cinco unidades de acolhimento institucional, situadas no Socorro, Mogilar, Alto do Ipiranga, São João e Vila São Francisco. Ao todo, 100 pessoas foram vacinadas ontem (23). O trabalho terá continuidade em data a ser definida.

As pessoas em situação de rua pertencentes a grupos prioritários, como idosos e portadores de comorbidades, já tinham sido vacinadas, conforme calendário do Ministério da Saúde. A vacinação da população em situação de rua foi determinada pelo Plano Nacional de Vacinação devido à maior exposição dessas pessoas à infecção e potencial impacto gerado pela Covid-19.

ÚLTIMAS DE Cidades