Entrar
Perfil
CADÚNICO

2,9 mil famílias pobres estão fora do Auxílio Brasil em Mogi

Famílias que não recebem benefícios ou estão com o Cadastro Único desatualizado devem procurar a Secretaria Municipal de Assistência Social ou unidades do CRAS

Eliane José
18/07/2022 às 10:44.
Atualizado em 18/07/2022 às 10:48

Alta procura por serviços de assistência social para aplacar a fome reflete o aumento do empobrecimento no Brasil (Crédito: Mariana Acioli)

Olá, quer continuar navegando no site de forma ilimitada?

E ainda ter acesso ao jornal digital flip e contar com outros benefícios, como o Clube Diário?

Já é assinante O Diário Exclusivo?
CADÚNICO

2,9 mil famílias pobres estão fora do Auxílio Brasil em Mogi

Famílias que não recebem benefícios ou estão com o Cadastro Único desatualizado devem procurar a Secretaria Municipal de Assistência Social ou unidades do CRAS

Eliane José
18/07/2022 às 10:44.
Atualizado em 18/07/2022 às 10:48

Alta procura por serviços de assistência social para aplacar a fome reflete o aumento do empobrecimento no Brasil (Crédito: Mariana Acioli)

As famílias de baixa renda devem atualizar as informações no Cadastro Único em todo o Brasil. Em Mogi das Cruzes, o atendimento está sendo feito no prédio da Secretaria Municipal de Assistência Social (Rua Francisco Franco, 133, centro). O atendimento é por senha (ordem de chegada) e não precisa ser agendado. Entre outros itens, o recadastramento deverá atualizar o total de famílias que vivem com renda a partir de R$ 105 per capita, com meio salário ou até três salários mínimos, e não estão recebendo ajuda como o Auxílio Brasil, que substituiu o Bolsa Família.

Em junho, 31.315 núcleos familiares foram atendidas em Mogi das Cruzes com o Auxílio Brasil. Em abril, a cidade tinha 2.966 famílias que estavam dentro do critério para ser assistida pelo governo federal, mas não foram contempladas com tal recurso.

Essas informações foram divulgadas a pedido de O Diário pela Secretaria Municipal de Assistência Social. Desde 2021, cresceu a base dos mogianos que vivem na pobreza e miséria na cidade. Atualmente, o último balanço oficial, divulgado em abril passado, apontava 55.898 famílias inscritas no CadÚnico, ou seja, um terço da população estimada do município.

Desde janeiro de 2021, esse índice aumentou de 47.331 famílias cadastradas para 52.908, em janeiro deste ano, ou seja, 5,5 mil novas famílias passaram a viver com mais dificuldades financeiras, o que corresponde a um aumento de 11,7%. No início de 2020, antes do início da pandemia da Covid-19, essa base era de 48.493 famílias.

Em junho passado, segundo a pasta, Mogi das Cruzes teve 31.315 famílias beneficiárias do Auxílio Brasil. Não existe, oficialmente um número de famílias em fila de espera, porém, explica a pasta, "de acordo com os mesmos dados disponibilizados pelo governo federal, em abril havia 2.966 famílias dentro dos critérios do benefício e não contempladas". 

Desde maio passado, o governo federal passou a atualizar os dados do CAD Único, que venceria em julho, mas foi prorrogado diante de criticas e dificuldades para o atendimento a essa parcela da população em algumas cidades brasileiras. Deve atualizar as informações, quem não se recadastrou em 2016 e 2017.

As pessoas em situação de pobreza ou miséria que nunca foram cadastradas nesta lista que ordema a distribuições de benefícios federais e estaduais devem procurar a unidade do CRAS mais próxima de sua residência.

Importante saber que para aqueles que já tiveram cadastro em Mogi das Cruzes, mas o mesmo foi excluído ou precisa ser atualizado, é preciso procurar a Central CadÚnico, localizada na sede da Secretaria de Assistência Social.

Confira os endereços das unidades do CRAS (Centro de Referência de Assistência Social):


CRAS Centro - Rua Flaviano de Melo, 525
CRAS Cezar de Souza - Rua Julimar de Souza Paulo, 264
CRAS Vila Brasileira - Avenida Japão, 2919
CRAS Jardim Layr - Rua Aratimbó, 166
CRAS Jundiapeba - Rua Dolores de Aquino, 2083
CRAS Jundiapeba II - Rua Cecília da Rocha, 1225
CRAS Nova União - Avenida Aurora Ariza Meloni, 1175

Já a Central CadÚnico - Rua Francisco Franco, 133 - Centro

Quem pode se inscrever

Para se inscrever no CadÚnico, a família deve ter renda per capita de até meio salário mínimo mensal ou renda familiar total de até três salários mínimos.

Para receber o Auxílio Brasil, a família inscrita no CadÚnico precisa se enquadrar no critério de situação de extrema pobreza (até R$ 105,00 per capita) se não houver pessoas menores de idade na composição familiar ou no critério de situação de pobreza (até R$ 210,00 per capita). Também podem ser beneficiadas famílias que contem com uma criança ou pessoa de até 18 anos cursando ou que já concluiu a educação básica.

Saiba mais:
Famílias inscritas no CadÚnico em Mogi das Cruzes:
Janeiro de 2020 - 48.493
Janeiro de 2021 - 47.331
Janeiro de 2022 - 52.908
 

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conosco
O Diário de Mogi© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por