Entrar
Perfil
INSPIRE-SE

Projeto Compartilhando Amor distribui solidariedade em Mogi

Atividades da Primeira Igreja Batista de Mogi das Cruzes acontecem neste sábado no Parque da Cidade com diversos serviços à população e atrações culturais

Mariana Acioli
30/07/2022 às 07:16.
Atualizado em 30/07/2022 às 16:34

A integração comunitária é um dos objetivos dos integrantes da Igreja Batista de Mogi, uma das mais antigas do país (Foto: divulgação)

Olá, quer continuar navegando no site de forma ilimitada?

E ainda ter acesso ao jornal digital flip e contar com outros benefícios, como o Clube Diário?

Já é assinante O Diário Exclusivo?
INSPIRE-SE

Projeto Compartilhando Amor distribui solidariedade em Mogi

Atividades da Primeira Igreja Batista de Mogi das Cruzes acontecem neste sábado no Parque da Cidade com diversos serviços à população e atrações culturais

Mariana Acioli
30/07/2022 às 07:16.
Atualizado em 30/07/2022 às 16:34

A integração comunitária é um dos objetivos dos integrantes da Igreja Batista de Mogi, uma das mais antigas do país (Foto: divulgação)

Após o longo período de reclusão e distanciamento causados pela pandemia da Covid-19, atividades que antes eram comuns, hoje em dia são cada vez mais substituídas pelo contato virtual. Pensando nessa nova realidade, o tema “Ame ao Vivo” ganha sentido na sétima edição do projeto Compartilhando Amor promovido pela Primeira Igreja Batista de Mogi das Cruzes, conhecida como PIB e uma das mais antigas do Brasil.

A programação que compartilhou solidariedade e conscientização por meio de ações lúdicas de temas atuais, começou nesta terça-feira (26), com ações na quarta, quinta, sexta e se encerrando neste sábado em um grande evento aberto para todos os públicos no Parque da Cidade. 

“Ficamos muito felizes porque o projeto teve uma adesão muito grande. As pessoas vinham até nós para fazer seus depoimentos, contar sobre os problemas, e, às vezes, é isso que tem faltado para elas”, comenta Silvana Checan, coordenadora do projeto.
O primeiro dia de ações surpreendeu os motoristas e passageiros que passaram por alguns semáforos de Mogi nesta terça (26), onde os voluntários apresentaram esquetes com os temas de violência doméstica, drogas, racismo, abuso infantil e bullying. 
A sequência da agenda do projeto promoveu no Largo do Rosário uma campanha de conscientização sobre problemas psicossomáticos, contanto com 90 voluntários envolvidos. Quem passou pela conhecida Praça da Marisa nesta quarta-feira (27) encontrou profissionais psicólogos de plantão para atendimento inicial e encaminhamentos, apresentação artísticas e até abraço de graça para aqueles que quisessem.

O estímulo à volta das relações mais amorosas foi dado pela campanha que ofertava um abraço às pessoas que assim desejassem (Foto: divulgação)

“Vemos as pessoas muito imersivas e escondidas por trás das telas dos celulares, computadores, tablets. Não é à toa que escolhemos o tema desse ano como ‘Ame ao Vivo’. Queremos incentivar que todos retomem os abraços e carinhos, um comportamento que, por causa da pandemia, foi diminuído”, reforçou a coordenadora.

No terceiro dia, os voluntários se reuniram para um mutirão de revitalização na Escola Municipal Rural Kaoru Hiramatsu, no bairro do Taboão. Além de ser um dia simbólico para marcar as reformas na unidade escolar, que já tinham sido adiantadas durantes os dias anteriores, nesta quinta (28), 70 alunos, os pais e professores puderam aproveitar o dia de recreação e apresentações. 

Com o apoio e parceria da Prefeitura de Mogi das Cruzes, os voluntários pintaram toda a escola, reformaram o portão, lavaram a caixa d’água, trocaram lâmpadas e vidros quebrados.

“O apoio da prefeitura é uma das partes mais importantes, desde as primeiras edições, a gestão abraçou a causa. Nosso intuito é fazer isso pelas pessoas, e ter a autorização e os espaços públicos para realizar essas ações, é fundamental”, enfatizou Silvana.
As crianças e famílias da Comunidade do Cano, em Jundiapeba foram os contemplados nesta sexta (29) com as doações de brinquedos, kit lanches, recreações e personagens que estiveram presentes para animar a criançada.

Fechando com chave de ouro

O último dia do projeto Compartilhando Amor se encerra neste sábado no Parque da Cidade, no Parque Santana, com um evento recheado de serviços gratuitos, cultura e solidariedade das 9 às 17 horas. 

Serão mais de 200 voluntários entre profissionais médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, massoterapeutas, cabeleireiros, manicure, pedicure, advogados, que estarão a disposição para realizar atendimentos. 

Dividido em fases, o projeto também levou brincadeiras a crianças de escola, além de doações (Foto: divulgação)

Também estará disponível o Conect Mogi, da Prefeitura Municipal, para auxiliar aqueles que estiverem a procura de uma oportunidade de emprego. Na área da cultura, a Sinfônica de Mogi das Cruzes é que dará o tom de todo evento com diversas apresentações musicais para a comunidade. “Toda a realização do nosso projeto é para que, de fato, nós incentivemos outras instituições a fazerem igual, sair das quatro paredes e ir até a população que precisa. Acho que muitos estão precisando e cada vez mais precisamos mesmo de gente fazendo boas ações”, finaliza a coordenadora, demonstrando a gratidão por mais um ano de projeto concluído com bom alcance. 

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conosco
O Diário de Mogi© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por