Entrar
Perfil
INSPIRE-SE

Mulheres guerreiras: a luta contra o câncer de mama

Em comemoração ao Outubro Rosa, O Diário preparou uma reportagem especial com histórias de mulheres que venceram a luta contra o câncer e aquelas que ainda estão nessa batalha compartilhando esperança

Mariana Acioli
20/10/2022 às 12:23.
Atualizado em 22/10/2022 às 07:14
Olá, quer continuar navegando no site de forma ilimitada?

E ainda ter acesso ao jornal digital flip e contar com outros benefícios, como o Clube Diário?

Já é assinante O Diário Exclusivo?
INSPIRE-SE

Mulheres guerreiras: a luta contra o câncer de mama

Em comemoração ao Outubro Rosa, O Diário preparou uma reportagem especial com histórias de mulheres que venceram a luta contra o câncer e aquelas que ainda estão nessa batalha compartilhando esperança

Mariana Acioli
20/10/2022 às 12:23.
Atualizado em 22/10/2022 às 07:14

Neste Outubro Rosa, o Centro Oncológico de Mogi das Cruzes preparou uma exposição dedicada às mulheres que estão no enfrentamento ao câncer de mama. As fotos produzidas estampam aquelas que já venceram a batalha contra a doença, vestidas de guerreiras, uma roupagem que, para Elisa Emílio Torres, serve bem a todas que estão nessa dura caminhada de tratamento e, claro, àquelas que já se curaram, que é o caso da aposentada.

Elisa, apesar de ter enfrentado um longo período até receber alta médica, tem sido uma das personagens de inspiração e força para outras mulheres que passam pelo mesmo problema. Em 2016, a aposentada recebeu o diagnóstico que, para ela, carregava uma sentença pelo histórico familiar, o que não veio a se tornar realidade no seu caso.

“Foi um começo difícil porque perdi meu marido e minha mãe para o câncer, então, pensava que eu também iria morrer. Mas Deus foi tão bom que estou aqui, hoje, curada e motivando outras mulheres a não desanimarem. Quando você tem um diagnóstico desses é difícil crer na cura e até nos médicos”, conta Elisa.

Elisa Emílio Torres é umas das mulheres que venceu a luta contra o câncer de mama (Foto: Divulgação)

A doença começou a dar os primeiros sinais em 2014, mas somente dois anos depois, quando Elisa sentiu diferença no caroço das axilas e decidiu procurar outro médico, o diagnóstico de câncer foi constatado por exames feitos com urgência.

“Por isso que falo que as pessoas têm que procurar um outro diagnóstico quando um não mostra nada. Nesses cinco anos, fiz 33 radioterapias e não precisei de quimio, porque meu remédio era diário”, conta a recém-curada, dizendo que um dos maiores receios no enfrentamento da doença era a reação ao tratamento, embora não se preocupasse com queda de cabelo ou, em último caso, necessidade de retirada da mama.

Elisa e Elisandra partilham o sentimento de esperança, alegria e amor pela vida (Crédito: Mariana Acioli)

Hoje, Elisa olha para trás e destaca o carinho que recebeu no Centro Oncológico de Mogi. “Recebi ajuda de todos da igreja e dos meus filhos, mas quando estava sozinha, às vezes, chorava, porque lembrava daqueles que partiram. Superei, meus filhos me ajudaram muito e me deram força. Não desanimei e hoje estou aqui levando para os que precisam”, compartilhou.

A alegria e vontade de viver estão presentes em Elisandra Ferreira de Araújo Rodrigues, que desde 2019 trata o câncer de mama descoberto aos 42 anos. Agora, aos 45, ela ressalta a importância de viver o agora. “Só penso em transmitir todo esse amor e carinho que recebi durante o tratamento. Fazer parte hoje do ‘Somos Todas Guerreiras’, para mim, é reflexo daquilo tudo que passei. É como se estivesse passando uma borracha em todo o sofrimento, porque o câncer tem que vir para te ensinar alguma coisa. Para mim, veio para me fazer melhor. O desistir nunca foi opção, sempre quis lutar, tanto que estou aqui e venci”, celebra Elisandra.

No caso dela, foi preciso um tratamento mais complexo, com quimioterapia, etapa onde viu os cabelos caírem, mas não se deixou abalar. “Eles (a família) me deram muita força e foram o meu alicerce”, relembrou.

Em todas as etapas, Elisandra enfatiza o carinho que recebeu no Centro Oncológico de Mogi: “Deveria vir ‘Centro Oncológico do Amor’ junto do nome, porque é um lugar onde se recebe muito amor, carinho e atenção. Você não é um número, mas uma pessoa com sentimento e coração. Eles te veem de outra forma e isso não me deixou cair em depressão”, detalhou.

Há algo em comum entre Elisa e Elisandra: esperança. “Quem procura acha e, quem acha cura, porque foi através do diagnóstico precoce que salvei minha vida”, afirmou Elisandra.

Administrador do Centro Oncológico, Álvaro Rodrigues, detalhou o mito que deu origem e inspiração às fotos: “Esta sementinha de ideia nasceu com a lenda que envolve as primeiras Amazonas, que conta que elas tiravam uma das mamas para poder praticar arco e flecha e, isso lembrou bastante as mulheres que precisam fazer mastectomia e acabam tirando os seios na luta contra a doença”, explicou.

Segundo o administrador, a batalha fica ainda mais forte quando são observados os pontos fundamentais para vencer o câncer. “O primeiro é o diagnóstico precoce e o segundo é a adesão ao tratamento. O diagnóstico não é uma sentença de morte, mas um ponto onde pode existir auto transformação da versão guerreira”, pontua Rodrigues

Projeto tem parceria com a rede de combate ao câncer

Álvaro Rodrigues, administrador do Centro Oncológico de Mogi das Cruzes (Crédito: Mariana Acioli)

O “Projeto Guerreiras: mulheres que venceram o câncer” foi criado em parceria com a Rede de Combate ao Câncer Guiomar Pinheiro Franco, de Mogi das Cruzes, para humanizar o enfrentamento do câncer, bem como chamar atenção para a prevenção e o diagnóstico precoce da doença. 

A sessão especial de fotos contou com o apoio do grupo Amigas Parceiras, Monte Castelo Eventos, Ternec Lubrificantes, Raphaela Camacho Noivas, maquiadora Danieli Rogério e dos fotógrafos Deyse Palmesi e Jean Silva. A curadoria da exposição é de Vera Lucia Silva Souza.

Confira datas e locais dan exposição:
Mogi das Cruzes
Até dia 31/10 - Mogi Shopping  
De 24 a 31/10 - Centro Oncológico Mogi das Cruzes  - abertura no dia 24/10, às 9 horas

Ferraz de Vasconcelos
Até 31/10 - Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos 

Poá
Até 31/10 - Secretaria de Turismo de Poá 

Guarulhos
Até 31/10 - Internacional Shopping Guarulhos

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conosco
O Diário de Mogi© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por