Entrar
Perfil
INFORMAÇÃO

Padre cantor Alessandro Campos põe o novo busão e a fé na estrada

Novo meio de transporte do religioso e sua banda viajaram nesta quarta-feira (29) para a Praia Grande, na Baixada Santista, onde padre Alessandro fez o show de encerramento das atrações da Vila Junina, no Kartódromo Municipal

Darwin Valente
30/06/2022 às 07:11.
Atualizado em 30/06/2022 às 07:42

O padre cantor Alessandro Campos partiu nesta quarta-feira (29) para a Praia Grande, na Baixada Santista, onde faria  show na Vila Junina, montada no Kartódromo Municipal daquela cidade, no período da noite. 

O dublê de religioso e artista viajou a bordo de seu novo ônibus, montado sobre chassis da Scania, por ele adquirido. 

O veículo, que servirá como meio de transporte para o padre e sua banda durante a turnê “Fé na Estrada”, foi pintado de vermelho com imagens adesivadas do “padre sertanejo do Brasil” segurando um crucifixo e a imagem de Nossa Senhora Aparecida. 

Marqueteiro, por excelência, padre Alessandro divulgou um clipe mostrando o ônibus ao som do seu maior sucesso, “O que eu sou sem Jesus”.

Sugestão

Do leitor Elias Tomé da Silva Pires: “Para evitar polêmica desnecessária com a mudança da denominação da avenida das Orquídeas, sugerimos que o nome do empresário, senhor Fumio Horii, seja dado à estrada da Volta Fria, que agora será, finalmente, asfaltada”. Com a palavra, as autoridades.

Clandestinos

A falta de segurança no Centro, Jundiapeba e Vila Oliveira; os problemas causados por sem-tetos de outras cidades que estão vindo para Mogi praticar pequenos furtos junto ao comércio dos calçadões centrais e adjacências; e o funcionamento de adegas clandestinas em vários pontos cidade foram alguns dos assuntos tratados em uma reunião, no início desta semana, entre representantes do Sincomércio, Polícia Militar, Consegs e Prefeitura de Mogi, na sede do Sindicato,

Nos debates, ações para tentar auxiliar os sem-teto e inibir a atuação das adegas por meio de maior fiscalização da Prefeitura, Guarda Municipal e PM. 

Novamente discutiu-se a necessidade de melhorar as condições de iluminação em vários pontos da cidade como estratégia para diminuir as facilidades para ações dos criminosos.

Vigilância Solidária

Segundo o presidente do Sincomércio, Valterli Martinez, uma das apostas para melhorar as condições de segurança é a adesão de comerciantes e de moradores ao projeto Vigilância Solidária, uma nova versão de uma antiga proposta, a Vizinhança Solidária, onde vizinhos se unem em torno de grupos de WhatsApp, com apoio da PM, para trocar informações sobre casos suspeitos ou ocorrências policiais na região onde residem. 

No caso da Vigilância, são os comerciantes que se unem com o mesmo objetivo: alertar a polícia sobre suspeitas ou fatos ligados à segurança de suas lojas. 

O projeto Vigilância também cobrou a manutenção de câmeras em locais estratégicos para facilitar o reconhecimento dos praticantes de delitos e a parceria com a PM para o monitoramento em conjunto, já assinado em janeiro passado.

Prazos eleitorais

Para lembrar, alguns dos mais importantes prazos determinados recentemente pela Justiça Eleitoral, válidos para o pleito de 2 de outubro próximo em todo o País. Atenção a eles:

20/07 a 05/08 – Convenções partidárias

15/08 – Limite de registro de candidaturas

16/08 a 01/10 – Campanhas de rua e internet do 1º turno

03/10 a 29/10 – Campanhas de rua e internet do 2º turno

26/08 a 29/09 – Programas eleitorais no rádio e tv (1º T)

07/10 a 28/10 – Programas eleitorais no rádio e tv (2º T)

02/10 – Primeiro turno das eleições

30/10 – Segundo turno das eleições

Corrigindo

A coluna errou ao afirmar que apenas o vereador  José Farofa Francimário , do PL, estava presente ao evento de pré-apresentação da candidatura de Marcos Damasio, no início da semana, no Mogilar. A diligente assessoria do deputado cuidou de mandar foto para dizer que lá também estava o vereador Vitor Emori. E, por conta própria,  Mauro do Salão também mandou dizer que esteve lá. Ah, bom...

Grande perda

O Instituto Fundação Anna de Moura  perde um de seus grandes colaboradores. Faleceu, vítima de câncer, o advogado Sérgio Knipel, com participação ativa na vida da instituição. Integrante da primeira turma da Faculdade de Direito da antiga Universidade Braz Cubas, Knipel  chegou a tomar parte da mais recente reunião do Conselho Fiscal do Instituto Anna de Moura, do qual era membro titular.

Knipel faleceu nesta quarta -feira (29), aos 81 anos, e será sepultado na quinta (30), no Cemitério São Salvador, em Mogi das Cruzes. 

Fechando as portas

Com mais de meio século de atividades no comércio de Mogi das Cruzes, a Loja Paratodos, atualmente especializada na venda de roupas infantis e outros produtos para crianças, vai encerrar suas atividades na cidade.

Por meio de um comunicadodivulgado em suas redes sociais, a direção da loja informa que seu fechamento irá acontecer na sexta-feira, dia 8 de julho próximo.

A loja já havia fechado suas lojas no centro, mas nos últimos dois anos, voltou a funcionar, apostando na venda exclusiva de artigos infantis.Enquanto os dirigentes agradecem ao público mogiano, no Facebook muitos clientes lamentam a decisão, lembrando compras feitas na lojas para seus familiares.

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conosco
O Diário de Mogi© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por