Entrar
Perfil
INFORMAÇÃO

Oficial mogiano lidera grupo da FAB que vai à Suécia conhecer novos caças

Junto com dez sargentos e um suboficial especializados em mecânica, eletricidade e instrumentos, o primeiro-tenente engenheiro Gustavo Alves Bruno, formado pelo ITA, fará curso de manutenção dos aviões Gripen, adquiridos pelo Brasil

Darwin Valente
23/06/2022 às 07:11.
Atualizado em 23/06/2022 às 07:26

O primeiro-tenente engenheiro Gustavo Alves Bruno Kanaan, de Mogi, estará à frente do grupo que irá à Suécia para aprender a montagem dos caças Gripen, produzidos pela Saab (Foto: reprodução / redes sociais)

O mogiano Gustavo Alves Bruno Kanaan, primeiro-tenente engenheiro, vinculado ao Parque de Material Aeronáutico de São Paulo (PAMA-SP), foi designado pelo comando da Força Aérea Brasileira para liderar um grupo de militares brasileiros que deverá permanecer até o início de novembro participando do Gripen Type Course, curso de manutenção das aeronaves Gripen, em fase de aquisição pelo governo brasileiro.

A equipe do oficial mogiano, formada por dez sargentos e um suboficial, especializados em mecânica de aeronáutica, eletricidade e instrumentos, viaja no dia 8 de agosto para a sede da empresa Saab, na cidade de Linköping, no estado de Öestergötland, na Suécia, onde deverá permaneceu até o dia 11 de novembro.

A designação da delegação brasileira partiu do tenente-brigadeiro-do-ar, Carlos de Almeida Baptista Júnior, atual comandante da Aeronáutica, por meio de portaria publicada na edição de terça-feira (21) do Diário Oficial da União.

O primeiro-tenente engenheiro Gustavo Alves Bruno Kanaan, 31 anos, nasceu e foi criado em Mogi das Cruzes pela mãe Débora Alves Bruno, a avó Lourdes Alves Bruno e pelo tio, o jornalista Castro Alves Bruno, a quem ele trata, carinhosamente, como “Paizão”.  

Iniciou seus estudos no Liceuzinho Braz Cubas, transferindo-se, em seguida para a Escola Estadual João Cardoso dos Santos, no distrito de Biritiba Ussu, onde residia sua família. Sempre com o apoio de bolsas de estudos, ele passou pelos colégios Gênesis, Objetivo e Poliedro (Capital), antes de conseguir aprovação no vestibular para o curso de Engenharia aeronáutica, em São Carlos, e, finalmente, atingir o seu grande objetivo, que era ser aluno do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), a conceituada instituição de ensino público, com sede em São José dos Campos, no Vale do Paraíba.

Lá, ele se formou pela turma de 2015, em Engenharia Aeronáutica, iniciando uma promissora carreira junto à Força Aérea Brasileira (FAB), que já inclui cursos de prevenção e investigação de acidentes aéreos no Cenipa, além de especialização na engenharia de helicópteros Esquilo e dos caças F-5.

O curso a ser feito na Suécia deverá habilitá-lo para atuar junto aos novos caças Gripen, que estão sendo adquiridos pelo governo brasileiro.

Os primeiros caças da empresa sueca Saab  (FAB- 4101 e FAB 4102) chegaram ao Brasil e  foram apresentados, no último dia 22 de abril, na Base Aérea de Santa Cruz, no Rio de Janeiro. Os dois aviões Gripen E, dos 36 contratados pelo Brasil, receberam o batismo operacional, marcando o início da integração das aeronaves, à Aviação de Caça Brasileira.

Conforme o contrato, até 2027 todos os 36 aviões estarão no Brasil. E como o acordo também prevê transferência tecnológica, parte dos caças comprados deverá ser fabricada na planta da Embraer localizada na cidade de Gavião Peixoto, interior de São Paulo.

Segundo a programação, os 13 primeiros aviões estão sendo fabricados na Suécia, oito terão a produção iniciada lá e concluída no Brasil. Já os 15 últimos caças serão fabricados integralmente no Centro de Projetos e Desenvolvimento do Gripen, na unidade da Embraer em Gavião Peixoto.

O treinamento na Suécia deverá permitir ao mogiano e demais integrantes da equipe a participação no processo de montagem das futuras aeronaves de caça a ser realizado no Brasil.

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conoscoConteúdo de marcaConteúdo de marca
O Diário de Mogi© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por