Entrar
Perfil
INFORMAÇÃO

Câmara de Mogi continua pródiga em títulos de cidadania e homenagens

Vereadores já apresentaram 19 projetos de decretos legislativos para homenagear pessoas ou entidades e instituições

Darwin Valente
12/07/2022 às 07:12.
Atualizado em 12/07/2022 às 07:12

Vereadores mogianos têm prestado muitas homenagens a pessoas e instituições da cidade e também de fora. E o ano eleitoral municipal ainda nem começou (Foto: divulgação)

As eleições municipais ainda estão distantes, mas os vereadores mogianos continuam pródigos em concessões de títulos de cidadania, de honra ao mérito, entre outras homenagens. É certo que entre os 19 projetos de decretos legislativos apresentados, nos primeiros meses de trabalho deste ano, há pessoas ou entidades que realmente merecem ser homenageadas, mas é impossível descartar o aspecto político-eleitoreiro de certas propostas de vereadores que foram eleitos com o objetivo principal de fiscalizar o Executivo e produzir leis para realmente beneficiar a comunidade mogiana.

Das 19 propostas apresentadas,14 são títulos de cidadania. Alguns para pessoas desconhecidas da maioria da comunidade mogiana e outros para personagens de maior visibilidade, inclusive na política.

É o caso, por exemplo, do governador Rodrigo Garcia (PSDB), a ser homenageado por iniciativa do vereador Marcelo Porfírio da Silva, o Marcelo Brás do Sacolão (PSDB). Se aprovado a tempo, o título poderá ser usado por Garcia, ainda durante a atual campanha eleitoral. O mesmo vereador também quer transformar em cidadão cá da terrinha o ex-secretário de Desenvolvimento Regional e atual superintendente do Sesi, Marco Vinholi (PSDB). Ação entre companheiros tucanos.

Quem também poderá vir a ser cidadã mogiana de direito (pois já o é de fato, tendo sido eleita nas eleições passadas) é a atual vice-prefeita de Mogi, a paulistana Priscila Yamagami (PODE), por iniciativa de duas vereadores situacionistas: Malu Fernandes (SD) e Fernanda Moreno (MDB).

Há ainda propostas de títulos de cidadania para Tunehiro Uono, Lélis Reis, Marnnyson Thiago Fragoso, Dorival Antonio Stuchi Cruz, Tirso de Salles Meirelles, Gilson Miguel Nunes, Jair Barbosa Ortiz, entre outros.

Mas há também títulos de honra ao mérito, como o proposto pelo vereador Carlos Lucarefski (PV) para a Igreja Pentecostal Assembleia de Deus Comunhão e Adoração, ou, num outro oposto, o que foi apresentado pelo vereador Edson dos Santos (PSD) para a Distribuidora de Bebidas Gouveia.

Os 60 anos de Diocese de Mogi das Cruzes também serão homenageados pela Câmara,por iniciativa de Johnross Jones (PODE) por inicia da mesma maneira como já ocorreu o evento para marcar o centenário de nascimento do escritor e historiador mogiano Isaac Grinberg, de autoria do vereador Eduardo Ota (PODE) e o centenário de fundação do Partido Comunista do Brasil (PC do B), iniciativa de Iduigues Ferreira Martins (PT).

As homenagens deverão se intensificar à medida que forem se aproximando as eleições municipais, quando estarão em jogo as reeleições dos atuais vereadores. Vale esperar para conferir.

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conosco
O Diário de Mogi© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por