Entrar
Perfil
INFORMAÇÃO

Caio Cunha assume a presidência do Condemat nesta segunda-feira

Principal desafio do prefeito será manter um bom entendimento com o futuro governador do Estado de São Paulo, Tarcísio de Freitas, que será empossado no domingo (1º)

DARWIN VALENTE
29/12/2022 às 07:12.
Atualizado em 29/12/2022 às 07:12

O prefeito municipal de Mogi das Cruzes, Caio Cunha, assumirá, na segunda-feira (2), o comando do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) (Arquivo O Diário)

Dar continuidade às parcerias e iniciar um relacionamento de aproximação com o novo governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos). Estas são as principais metas do prefeito Caio Cunha (PODE), que na próxima segunda-feira (2), irá assumir o cargo de presidente do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Codemat), durante solenidade que acontecerá às 16 horas, no auditório do Edifício Helbor Corporate, nas proximidades do Mogi Shopping.

Caio receberá o comando do atual presidente, o prefeito de Guarulhos, Gustavo Henric Costa, o Guti, (PSD), que conclui o seu mandato tendo conseguido um bom relacionamento com o governador Rodrigo Garcia (PSDB), além de ter lançado a edição 2022 o Caderno de Negócios do Condemat, que apresentou um detalhado raio-x da economia nas 12 cidades que integram o consórcio.

Caberá a Caio Cunha cuidar da edição 2023 do balanço econômico, voltado para apresentar as possibilidades de negócios nos municípios que estão localizados na área Leste da Grande São Paulo.

Quanto à aproximação com o futuro governador, será um teste para a habilidade política do mogiano que, além de cuidar da cobrança das (muitas) promessas feitas por Tarcísio para a cidade, terá de se preocupar também questões de interesse geral das demais cidades do Alto Tietê.

Caio terá de saber dosar as cobranças e, ao mesmo tempo, buscar a confiança do governador, que chega ao cargo num momento um tanto complicado, já que também terá de buscar um relacionamento profissional com o presidente Lula (PT), principal adversário de seu partido e de seu guru, Jair Bolsonaro (PL).

Enquanto Tarcísio sofrerá pressões do bolsonarismo pelo fato de ser o governador do mais importante estado do País, ao Condemat caberá tirar o máximo possível de proveito do começo da futura administração tratando de questões mais amplas e de interesse geral, como a abertura do Pronto-Socorro Luzia de Pinho Melo, por exemplo. Outras reivindicações virão no decorrer do mandato e caberá a Caio Cunha estabelecer prioridades, levando em conta o interesse dos 12 municípios que integram o Condemat.

São os seguintes os prefeitos que, junto com Caio Cunha, irão integrar a futura diretoria do Condemat: Luís Camargo, de Arujá (vice-presidente); Priscila Gambale, de Ferraz (1ª tesoureira); Adriano Levorin, de Santa Branca (2º tesoureiro); Márcia Bin, de Poá (secretária geral); Guti, de Guarulhos (presidente do Conselho Fiscal).

Os demais membros do Conselho Fiscal do Condemat serão os prefeitos Carlos Alberto Taino Júnior, de Biritiba; José Luiz Eroles Freire, de Guararema; Eduardo Boigues Queroz, de Itaquá; Vanderlon Gomes, de Salesópolis;  Carlos Chinchilla, de Santa Isabel; e Rodrigo Ashiuchi, de Suzano.

 Rumo a Brasília

O ativista político Sylvio Marques, viaja neste final de semana para Brasília. Vai participar das manifestações de bolsonaristas contrários à posse do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva. Ele poderá ter a companhia de integrantes do movimento que ocupa as proximidades do Tiro de Guerra de Mogi, em defesa de um golpe militar que impeça a chegada de Lula e do PT ao poder.

 Lados opostos

Sylvio e amigos poderão se cruzar, na Capital Federal, com o grupo de integrantes do PSOL e do PT de Mogi, que também seguirá para lá, mas com objetivo diferente: prestigiar a apoiar a posse de Lula, pela terceira vez, como presidente do Brasil. 

A presença de ambos, em lados opostos, define a divisão em que se encontra o País desde as duas mais recentes eleições presidenciais.

 Virando o ano

O bispo diocesano de Mogi das Cruzes, dom Pedro Luiz Stringhini, presidirá neste sábado (31), na Catedral de Santana, a missa de véspera do Ano Novo. A liturgia utilizada será a dia 1º de janeiro, em que a Igreja celebra Maria Santíssima, a mãe de Deus. 

Neste dia também será comemorado o Dia Mundial da Paz. 

Já no domingo (1º), o bispo irá celebrar a missa das 11 horas, na Catedral. O templo terá ainda duas outras celebrações, às 9 e 19 horas. 

No ato religioso do dia 1º, é muito provável que dom Pedro venha a se posicionar em relação à posse do presidente Lula da Silva e das expectativas que virão junto com ela.

 Cuidados com...

A Assembleia Legislativa aprovou, na última sessão legislativa do ano, o projeto de lei de autoria do deputado estadual mogiano, Marcos Damasio (PL), que defende a criação de uma estrutura de atendimento especial, de caráter educacional, assistencial e multidisciplinar para crianças de zero a 3 anos de idade, com deficiência intelectual ou múltipla, genética ou adquirida, especialmente as que possuem microcefalia. A microcefalia é uma malformação congênita, em que o cérebro não se desenvolve de maneira adequada. Neste caso, os bebês nascem com perímetro cefálico (PC) menor que o normal, ou seja, igual ou inferior a 32 cm. Essa malformação congênita pode ser efeito de uma série de fatores de diferentes origens, como substâncias químicas e agentes biológicos (infecciosos), como bactérias, vírus e radiação.

 ...os pequenos

Especialistas defendem que quanto antes a criança for estimulada, na chamada estimulação precoce, melhor será o desenvolvimento neuropsicomotor e a qualidade de vida para o bebê e sua família.

“Os bebês que nascem com graves problemas neurológicos têm direito a esta atenção especial. Toda conquista, por menor que pareça, é uma grande vitória para a pessoa com deficiência e para os seus familiares. Quanto antes houver estímulo ao desenvolvimento, melhor”, garante Damasio.

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conosco
O Diário de Mogi© Copyright 2023É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por