Entrar
Perfil
INFORMAÇÃO

Bispo de Mogi lamenta morte de fundador da Canção Nova

Corpo do monsenhor Jonas Abib será velado até a próxima quinta-feira (15), nas dependências da Comunidade Canção Nova, em Cachoeira Paulista, no Vale do Paraíba.

Darwin Valente
14/12/2022 às 07:21.
Atualizado em 14/12/2022 às 07:54

Corpo do monsenhor Jonas Abib é velado nas dependências da comunidade Canção Nova, em Cachoeira Paulista, no Vale do Paraíba, onde ele será sepultado na quinta-feira (Reprodução - Canção Nova)

Católicos de Mogi das Cruzes e região, adeptos da Renovação Carismática, deverão seguir para Cachoeira Paulista, no Vale do Paraíba, para participar dos funerais do monsenhor Jonas Abib, 85 anos,  fundador da Comunidade Canção Nova.

O religioso faleceu na última segunda-feira (12), em sua residência, naquela cidade, e seu funeral irá se estender por três dias, até a próxima quinta-feira (15), quando o corpo será sepultado na Sala das Graças, localizada no interior  do Santuário do Pai das Misericórdias, que faz parte do complexo da Canção Nova. 

Nesta quarta-feira (14), as homenagens a Jonas Abib ocorrerão no Centro de Evangelização Dom João Hipólito de Moraes.

O bispo dom Pedro Luiz Stringhini, em razão de problemas com agenda, não deverá comparecer à cidade de Cachoeira. Mas na condição de presidente do Regional Sul 1 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e de bispo da Diocese de Mogi, ele encaminhou uma nota oficial apresentando à Diocese de Lorena e à Canção Nova “meus sentimentos e minhas orações, com as condolências e preces de todo Regional Sul 1 da CNBB”.

“Deus acolha o querido padre Jonas e o recompense pelo imenso e incalculável legado que deixou, como pioneiro da Nova Evangelização no Brasil e no mundo. Deus continue abençoando a Canção Nova para que, através de cada um dos seus membros, o testemunho do fundador continue ecoando sobre os telhados”, conclui a nota.

Falando sobre o monsenhor Jonas Abib com a coluna, o bispo afirmou que conhecia muito o trabalho dele por meio da Canção Nova, mas que teve poucos contatos pessoais com ele.

“Sei de todo esse carisma de um grande evangelizador, através dos meios de comunicação. A pessoa que sabe  utilizar os meios de comunicação para evangelizar, torna esse evangelização bem mais abrangente”, afirmou dom Pedro Stringhini, lembrando que Jonas Abib “deu uma grande contribuição” para levar a palavra de Deus a um número muito grande de pessoas.

O falecimento do fundador da Canção Nova, um enorme complexo religioso construído sob orientação do então padre Jonas deve levar um grande número de pessoas até a sede da comunidade, em Cachoeira Paulista. É lá que estão localizadas as instalações de emissoras de rádio e televisão, gráfica, portal de internet e outros meios de comunicação utilizados para propagar a Igreja Católica, em especial a linha da Renovação Carismática, além de grandiosos templos, para onde se dirigem verdadeiras  milhares de fiéis durante os fins de semana e em datas especiais.

A Renovação Carismática Católica é um movimento surgido, em 1967, na Igreja Católica dos Estados Unidos, em meados da década de 1960, com a intenção de incorporar ao Catolicismo alguns elementos oriundos do Pentecostalismo.

 Autorização

O gerente de Certificação e Segurança Operacional do Ministério da Infraestrutura, Fábio Lopes Magalhães, renovou a inscrição do heliponto localizado no edifício Helbor Tower, no centro de Mogi das Cruzes, detentor do Código Identificador de Aeródromo (Ciad), SP0811. A renovação da inscrição tem validade de dez anos.

 Reformas

Por solicitação do vereador Gustavo Siqueira (PSDB) foi adiada por uma sessão a votação do projeto de lei complementar de autoria do prefeito Caio Cunha .

A proposa prevê alterações na composição das secretarias, especialmente as de atuação mais política. Vêm aí as secretarias de Habitação e Meio Ambiente e Proteção Animal, a coordenadoria de Cidadania e Direitos Humanos (LGBT, Negro, Idoso, Mulher e outros segmentos), departamento de Desburocratização, entre outros.

O projeto prevê também a volta da Coordenadoria de Comunicação, desmembrada da futura secretaria de Transparência.

 Azar

Não bastasse o resultado da eleição presidencial, onde o seu candidato acabou derrotado, o empresário Luciano Hang continua recebendo más notícias. Nesta terça-feira (13), uma chuva mais forte, no início da manhã, fez despencar parte da fachada da unidade de Mogi da cadeia de lojas pertencente ao empresário bolsonarista.

 Pobre Mogi

A totalidade dos vereadores mogianos acaba de prestar um grande desserviço à cidade ao aprovar mudanças para flexibilização da Lei Mogi Mais Viva, que desde sua implantação, vinha impedindo que a cidade voltasse a se transformar num festival de placas, totens e outdoors, muito semelhante à imagem do bairro do Brás, em São Paulo. 

No afã de satisfazerem alguns empresários, defensores de tal ideia, os vereadores colocaram a imagem da cidade em segundo plano e deram a partida para o desmonte de uma lei que reordenou o espaço urbano de Mogi. Agora só falta o mototáxi.

  

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conosco
O Diário de Mogi© Copyright 2023É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por