Entrar
Perfil
FAVELA 3D

Conheça Potência da Favela, série de reportagem produzida para o Diário TV

Explorando as diferentes faces de uma comunidade, a série também apresenta ações da ONG Gerando Falcões na Favela dos Sonhos, em Ferraz

Mariana Acioli
07/07/2022 às 10:09.
Atualizado em 07/07/2022 às 11:06

A série "Potência da Favela" estará disponível através da Globoplay e poderá ser acompanhada na íntegra. (Imagem: Reprodução)

“A favela é muito conhecida como sinônimo de pobreza, de dor, crime.... a verdade é que não é assim, existe muito preconceito com essas comunidades. Lá a gente vê pessoas criativas, com força de vontade pra trabalhar, gente que tá realmente aguardando uma oportunidade.”

Para Anielle Santos, repórter da TV Diário, esse é um dos reais significados da potência de uma favela. E é essa realidade, força e histórias dos moradores da Favela dos Sonhos, em Ferraz de Vasconcelos, que estão sendo contadas na série de reportagens “Potência da Favela” para o Diário TV primeira edição.

A produção especial teve estreia nesta segunda-feira (04), apresentando as histórias de Valdete de Jesus, Pauliana Leite e Lilian Silva, mulheres fortes e mães batalhadoras que não deixaram de acreditar no potencial da vida em comunidade, superando as dificuldades da discriminação.

“Em uma visita à Favela dos Sonhos, os moradores me relataram que a principal dificuldade que eles sofrem é a discriminação. Eles ressaltam que a comunidade é como qualquer outro lugar: com pessoas com boas intenções e outras não, mas quem está do lado de fora pensa que todos lá são criminosos”, conta Fernanda Lourenço, responsável pela produção e edição da série.

A ideia com a “Potência da Favela”, explica Fernanda, é mostrar que na favela existem muitas pessoas dispostas a trabalhar, a se qualificar, a estudar. “Além disso, estamos mostrando os audaciosos planos da ONG Gerando Falcões para transformar aquele lugar, por meio do projeto Favela 3D. Com metas e método, eles estão tornando a vida dos moradores mais digna”, enfatiza a produtora.

"Com a série a gente pode mostrar uma realidade pras pessoas que não é vista, e assim, mudar a visão de uma comunidade inteira! Mostrar um lado que nem sempre é visto, quebrar esse preconceito que existe em torno da favela", conta Aniele Santos. (Crédito: Elton Pires)

A ONG Gerando Falcões iniciou os trabalhos na comunidade no segundo semestre de 2021 e em fevereiro deste ano realizou a implantação do centro comunitário Favela 3D (Digna, Desenvolvida e Digital). O plano da ONG é ficar com a comunidade pelo menos dois anos até a emancipação, podendo ter o prazo estendido de acordo com as necessidades que forem encontradas.

“Chamou a atenção o método de trabalho da ONG Gerando Falcões, de ter colaboradores que realmente vivam a comunidade. Diante de qualquer dificuldade que os moradores enfrentem, eles encontram um apoio rápido e eficiente. Se cair a moradia de alguém na chuva, por exemplo, a ONG e os vizinhos vão se unir para garantir que aquela família volte a ter um teto o mais rápido possível”, expõe Fernanda.

A participação dos moradores em parceria com a ONG para a tomada cada decisão na comunidade é um detalhe que faz toda a diferença, garantindo que muitos deles participem das obras para melhoria.

“O poder público costuma agir de forma diferente: de fora para dentro, muitas vezes de forma lenta e sem ouvir a comunidade. O que está sendo realizado ali é uma mudança de dentro para fora, o que é revolucionário, porque deixa de ser assistencialismo”, opina a produtora.

Alinhados com o poder público, a comunidade local, o setor privado, universidades e organizações do terceiro setor para interromper o ciclo de pobreza na favela, o projeto Favela 3D tem empenhado forças para mudar não só a vida de pessoas como a Valdete, a Pauliana e a Lilian, mas na comunidade inteira.

“Com a série acredito que as pessoas vão olhar para essas comunidades de outra maneira, não só para  Favela dos Sonhos, mas para tantas outras, e, claro, para as pessoas que moram nesses lugares. Quebrando o preconceito, os moradores vão conseguir as oportunidades que eles tanto lutam para conseguir”, finalizou a repórter Anielle.

“Potência na Favela” está sendo transmitida durante os jornais do Diário TV primeira edição, ao meio-dia, e terá o último episódio lançado nesta sexta-feira (08). Se você perdeu algum episódio, pode conferir tudo na íntegra através da Globoplay, é só acessar e assistir.

Sobre a Gerando Falcões

A Gerando Falcões é um ecossistema de desenvolvimento social que atua em rede para acelerar o poder de impacto de líderes de favelas de todo o país que possuem um sonho em comum: colocar a pobreza das favelas no museu. O foco são iniciativas transformadoras, capazes de gerar resultados de longo prazo.

O projeto entrega serviços de educação, desenvolvimento econômico e cidadania e executa programas de transformação sistêmica em comunidades, como o Favela 3D. O número de favelas dobrou na última década. Eram 7 mil, agora são 14 mil. A pobreza e a desigualdade só crescem e a gente precisa desenvolver um projeto contra essa realidade.

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conosco
O Diário de Mogi© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por