Entrar
Perfil
Em outubro

Mogi deve ter sete novos prováveis candidatos às eleições; confira os nomes

Entres eles está a vice-prefeita, Priscila Yamagami; levantamento é da reportagem de O Diário

Silvia Chimello
17/06/2022 às 11:32.
Atualizado em 17/06/2022 às 22:52

Priscila, atual vice, deve ser candidata (Divulgação)

Mogi das Cruzes tem sete novos prováveis candidatos às eleições de outubro - quatro a deputado federal e três a estadual - Isso sem considerar os seis vereadores que querem participar das eleições e os oito políticos da cidade e região que pretendem tentar a reeleição.

Levantamento inicial feito por O Diário apontou 21 nomes até o momento. O número pode aumentar até a data das convenções, que serão realizadas pelos partidos entre 20 de julho e 5 de agosto, período estipulado pelo Superior Tribunal Eleitoral para homologar as coligações e candidaturas.

Veja quem são eles:

Federais
Priscila Yamagami (PODE), 48 anos, atual vice-prefeita de Mogi, estrou na política nas eleições de 2020, eleita com o prefeito Caio Cunha (PODE). Ela atua na área da educação e decidiu lançar o seu nome na disputa para uma vaga a federal a convite da presidente do partido, a deputada federal Renata Abreu.

Felipe Lintz (Patriota), 27 anos, disputou as eleições municipais de 2020 à Prefeitura de Mogi e foi o candidato mais jovem da história da cidade. Ele é defensor do presidente Jair Bolsonaro (PL).

Michael Della Torre (PTB), 37 anos, outro nome que disputou a Prefeitura em 2020. Ele atua como advogado e está na direção do Diretório do PTB de Mogi. Essa é a primeira vez que ele é pré-candidato a federal.   

Miguel Bombeiro (PROS), 64 anos, foi duas vezes candidato a prefeito de Mogi, mas não conseguiu se eleger. Em 2018, ele também concorreu como federal.

Estaduais
Luiz Carlos Gondim Teixeira (União Brasil), 74 anos, foi ex-deputado estadual por cinco mandatos, mas não conseguiu retornar à Assembleia no pleito de 2018, pelo PTB. Ele continuou seu trabalho como médico na cidade nos últimos anos e agora se prepara para uma nova disputa.

Rodrigo Valverde (PT), 44 anos, iniciou sua carreira política no PT de Mogi, partido pelo qual se elegeu vereador. Nas eleições de 2020, disputou a prefeitura da cidade, mas foi derrotado por Caio Cunha. Neste ano, ele quer concorrer a uma vaga na Assembleia. 
Salvador Azambuja (PDT), 69 anos, foi candidato a vereador em Mogi em 2020 pelo PDT. Em 2018, também participou da disputa como candidato ao cargo de deputado estadual e neste ano quer participar do pleito novamente.

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conoscoConteúdo de marcaConteúdo de marca
O Diário de Mogi© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por