Entrar
Perfil
MUNDO SUSTENTÁVEL

Ong Jabuti de Mogi vence edital para projeto de educação ambiental

Com os recursos financeiros do Edital Sustentável 2022, do Grupo Itaquareia, entidade irá desenvolver atividades que pretendem fomentar mudanças nas escolas do Centro Educacional

O Diário
12/05/2022 às 16:19.
Atualizado em 12/05/2022 às 16:31

Alunos e os profissionais das unidades educacionais da Ong Jabuti serão estimulados a mudar hábitos sustentáveis, em rotinas como separação e a reciclagem do lixo (Divulgação/Ong Jabuti)

Olá, quer continuar navegando no site de forma ilimitada?

E ainda ter acesso ao jornal digital flip e contar com outros benefícios, como o Clube Diário?

Já é assinante O Diário Exclusivo?
MUNDO SUSTENTÁVEL

Ong Jabuti de Mogi vence edital para projeto de educação ambiental

Com os recursos financeiros do Edital Sustentável 2022, do Grupo Itaquareia, entidade irá desenvolver atividades que pretendem fomentar mudanças nas escolas do Centro Educacional

O Diário
12/05/2022 às 16:19.
Atualizado em 12/05/2022 às 16:31

Alunos e os profissionais das unidades educacionais da Ong Jabuti serão estimulados a mudar hábitos sustentáveis, em rotinas como separação e a reciclagem do lixo (Divulgação/Ong Jabuti)

O Centro Educacional Jabuti, que atende crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social no Distrito de Jundiapeba e noo Mogi Moderno, em Mogi das Cruzes, foi contemplado com o Edital Sustentável 2022 do Grupo Itaquareia, através do Instituto Itaquareia. Com os recursos, a entidade irá  desenvolver, a partir de julho, o projeto Semeando Sustentabilidade. Serão beneficiados 400 alunos e mais de 60 colaboradores com oficinas de educação ambiental, temáticas sobre separação e reciclagem de lixo, processo de compostagem, aproveitamento de recursos alimentares, agroecologia, alimentação saudável, plantação e colheita e na redução da produção de resíduos.

O recurso de R$ 22.310,50 será aplicado, segundo a coordenadora geral do Jabuti, Danielle Gorrera Sesma, na aquisição de materiais e contratação de profissionais que possam ensinar aos alunos e funcionários a como ser sustensável, do plantio do alimento até o descarte correto das embalagens. O  Jabuti já desenvolve ações como o Projeto Horta.

“Conscientizar sobre os temas à serem tratados e a importância para uma real mudança no mundo e fomentar a compreensão do vínculo com a natureza e os afetos que se entrelaçam no ciclo da vida é nosso maior objetivo. Sabemos que precisamos começar, de uma forma efetiva, a mudar os comportamentos das famílias e a criança leva essa mudança para dentro de casa”, explicou, Danielle.

Em nota sobre o edital, a diretoria do Grupo Itaquareia, por meio de seu instituto, afirma que são “feitas iniciativas que influenciam positivamente na vida de milhares de pessoas residentes na comunidade do entorno. O Edital Sustentável foi uma das formas encontradas para fortalecer projetos desenvolvidos por essas instituições”.

Dentre as metas do Jabuti estão adquirir materiais para a construção e composição de um minhocário e de uma composteira; realizar oficinas práticas e teóricas tanto com as crianças e adolescentes, quanto com os funcionários da ONG; gerar e incentivar o cultivo de uma horta comunitária; trabalhar aspectos de cooperação e coletividade através dos ciclos de oficinas; oportunizar parcerias com cooperativas de reciclagem dos territórios das respectivas unidades para que o lixo seco separado ao longo da semana possa ter uma destinação correta; incentivar o cultivo das práticas sustentáveis em casa e na comunidade, considerando a multiplicação e a construção de redes de cooperação.

O projeto ainda prevê oferecer acesso a alimentos saudáveis cultivados em horta comunitária e trabalhar para que o Centro Educacional Jabuti seja um modelo regional de sustentabilidade. “Vamos além de uma proposta pontual. Queremos incorporar às práticas institucionais os processos apreendidos em oficina, provocando uma mudança organizacional. Por exemplo, pretendemos construir um viveiro de mudas para garantir a continuidade do projeto, adaptar os processos e fluxos internos para fazer uso da captação da água das chuvas, entre outras atividades.Para além disso, esperamos proporcionar experiências transformadoras para as crianças, de forma que elas possam transformar também suas casas e, quem sabe, suas comunidades. Queremos oferecer o acesso à outra forma de ver o mundo, de maneira à contribuir com formação de consciências, ações, atitudes e capacidades que estimulem a comunidade na realização de atividades sustentáveis. Esperamos ainda poder tornar o Jabuti uma referência em sustentabilidade tanto no município quanto na Região”, diz a coordenadora.

  

  

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conoscoConteúdo de marcaConteúdo de marca
Copyright © - 2022 - O Diário de MogiÉ proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuído por