Entrar
Perfil
ENSINO MÉDIO

Educação de SP abre edital para processo seletivo de professores no Alto Tietê

Salário inicial para jornada de 40h é de R$ 5,3 mil e de R$ 3,3 mil para 25h; as inscrições estão abertas até 3 de setembro.

O Diário
27/08/2023 às 11:59.
Atualizado em 27/08/2023 às 12:02

O processo seletivo, que inclui uma avaliação de títulos, destina-se à formação de cadastro, não havendo um número de vagas determinado (Divulgação - Roberto Sungi)

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP) abriu edital de processo seletivo simplificado para contratação temporária de professores para atuar no Itinerário Formativo de Ensino Técnico do Ensino Médio nas escolas do Alto Tietê. As inscrições podem ser feitas até 3 setembro e as provas objetiva e discursiva estão marcadas para 15 de outubro. 

O edital e a inscrição estão disponíveis no endereço: https://conhecimento.fgv.br/concursos/seducsp23

O processo seletivo, que inclui uma avaliação de títulos (diplomas de formação e experiência profissional), destina-se à formação de cadastro, não havendo um número de vagas determinado. No Alto Tietê, 65 escolas terão turmas de ensino técnico em 2024 com a oferta de sete opções de cursos: administração, desenvolvimento de sistemas, apoio pedagógico na educação básica, enfermagem, farmácia, logística e vendas.  

"Espera-se do professor de educação profissional técnica de nível médio uma formação sólida na sua área de atuação e domínio dos conhecimentos pedagógicos e didáticos. Experiência profissional na área que ensina é um grande diferencial", explica o secretário da Educação, Renato Feder. 

Os selecionados vão ministrar aulas presenciais aos estudantes da educação profissional técnica de Ensino Médio da rede pública estadual de ensino, conforme sua habilitação de nível superior e os grupos correspondentes de formação para os quais a habilitação é aceita. 

Os interessados em atuar como docente da educação profissional técnica devem atender a um dos requisitos: 

- Ter licenciatura ou equivalente em cursos para formação pedagógica para graduados não licenciados, de acordo com legislação e normas vigentes à época da graduação; 

- Ser graduado no componente curricular, portador de certificado de especialização lato sensu, com no mínimo 120h de conteúdos programáticos dedicados à formação pedagógica; 

- Ser graduado no componente curricular ou na área do curso. 

O processo seletivo será realizado considerando-se seis eixos de prova: Gestão e Negócios; Ambiente e Saúde; Desenvolvimento Educacional e Social; Turismo, Hospitalidade e Lazer; Informação e Comunicação e Recursos Naturais. 

A remuneração dos professores selecionados será de R$ 5,3 mil para jornada de 40 horas semanais e de R$ 3,3 mil para jornada de 25 horas semanais. Excepcionalmente, professores poderão ser contratados para carga horária menor. 

Na inscrição, os candidatos devem optar por uma das 77 cidades onde as provas serão aplicadas e escolher uma das Diretorias de Ensino em que deseja atuar. A taxa de inscrição é de R$ 50,90.

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conosco
O Diário de Mogi© Copyright 2023É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por