Entrar
Perfil
Educação

Confira erros comuns no Enem e como evitar a eliminação no exame

Ler o edital e conferir a documentação para o dia da avaliação são essenciais

Agência Educa Mais Brasil
21/05/2022 às 01:28.
Atualizado em 21/05/2022 às 01:29

Pensando nisso, separamos os quatro erros mais comuns que você não pode cometer antes e durante as provas. Confira! (Divulgação)

A edição 2022 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) encerra as inscrições no próximo sábado, dia 21, através da Página do Participante. As provas, tanto para a versão impressa quanto para a digital, serão aplicadas nos dias 13 e 20 de novembro. O Enem é a principal porta de entrada para o ensino superior, por meio de bolsas de estudos em faculdades privadas (Prouni), Financiamento Estudantil do Governo (Fies) e vagas em faculdades públicas (Sisu).

Além da preocupação com a rotina de estudos, os estudantes não devem deixar de lado alguns detalhes que podem comprometer a participação na avaliação, como deixar de pagar o boleto de inscrição – para os não isentos – ou os documentos que devem ser apresentados no dia da prova não serem os adequados. Confira, abaixo, os quatro erros mais comuns que podem comprometer os candidatos e como evitá-los.

Não fazer o pagamento da taxa

Para garantir a participação no Enem 2022, os candidatos não isentos devem realizar o pagamento da taxa de inscrição até o dia 27 de maio. Nesta edição, o valor segue o mesmo das últimas: R$ 85. Por isso, se possível, pague com maior antecedência para não correr o risco de esquecer ou ter um problema com o banco de última hora. Este ano, pela primeira vez, o pagamento também poderá ser feito por meio de cartão de crédito e Pix.

Não ler o edital do Enem

No edital do Enem estão as informações fundamentais sobre a aplicação das provas, como os componentes curriculares que serão pedidos nas diferentes áreas do conhecimento, critérios de eliminação do candidato e as datas e horários de início e término do exame. O candidato que se informa sobre as regras da prova corre menos riscos de cometer erros. Nesse sentido, por mais longo que seja o edital, leia-o com calma e destaque os pontos mais relevantes.

Não apresentar documento de identificação válido

Nos dois dias de aplicação do Enem 2022, o participante deverá apresentar a via original de documento de identificação oficial com foto para a realização das provas. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) permite os seguintes documentos:

•    RG (carteira de identidade);

•    CTPS (Carteira de Trabalho e Previdência Social);

•    Carteira de reservista ou certificado de dispensa, que tenha foto;

•    CNH (Carteira Nacional de Habilitação);

•    Passaporte;

•    Identificação fornecida por ordens ou conselhos de classes que por Lei tenham validade como documento de identidade.

Outra novidade do Enem 2022 é que pela primeira vez o Inep aceitará documentos digitais de identificação, como: e-Título, Carteira Nacional de Habilitação (CNH) Digital e RG Digital. O candidato deve apresentar o aplicativo oficial ao fiscal e capturas de tela não serão válidas. Após a entrada na sala de aula, o uso do celular continuará vetado.

Não ter um cronograma de estudos

Muitos estudantes optam por fazer cursos pré-vestibulares e outros buscam, de forma autodidata, aprender os conteúdos. Com o auxílio da internet e de diversos aplicativos gratuitos, os estudantes podem conferir temas, matérias e conteúdos que podem auxiliar no processo de aprendizagem.

As opções na internet são inúmeras. Lançado pelo Educa Mais Brasil, o Guia Enem, por exemplo, reúne materiais gratuitos de diversas disciplinas cobradas no Enem e em outros vestibulares. No site são disponibilizados artigos com resumos das principais áreas de conhecimento do exame. Para cada disciplina, há diferentes textos focados nas informações mais relevantes.

Não se preparar para a redação

Se preparar para a redação do Enem é fundamental para ter um bom resultado, assim como qualquer outra matéria. Para conseguir uma boa nota na redação, os candidatos podem seguir algumas dicas, como:

A apresentação de um repertório sociocultural é uma das exigências da redação do Enem, o que inclui fazer ligações entre o tema proposto com outras disciplinas, como a geografia e a história. Para isso, é importante ler, assistir filmes e estar informado sobre o que acontece no mundo.

Para conseguir uma boa nota da redação do Enem, é necessário treinar muito. Por tanto, programe-se para fazer, pelo menos, duas redações por semana nos moldes do exame. Além disso, aproveite para praticar com diversas propostas e eixos temáticos diferentes, porque o candidato só vai saber qual o tema da redação do Enem 2022 no dia da prova.

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conosco
O Diário de Mogi© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por