Entrar
Perfil
PROCURA-SE

Família busca por rottweiler desaparecido em Biritiba Ussú, em Mogi

Ninja saiu no dia 13 deste mês, com a irmã Gaia. Ela voltou para casa no dia seguinte, mas ele não. Informações são de que ele foi colocado em um carro.

Larissa Rodrigues
21/11/2022 às 14:48.
Atualizado em 21/11/2022 às 14:59

Ninja foi visto pela última vez no dia 14, sendo colocado dentro de um carro branco (Arquivo Pessoal)

No dia 13 deste mês, um domingo, Ninja – um cachorro da raça rottweiler – fugiu de um sítio em Biritiba Ussú, em Mogi das Cruzes, e não voltou mais para casa. Desde então, panfletos foram espalhados nas ruas e publicações foram feitas na internet pela família que tem sofrido muito com o sumiço. A última informação sobre o paradeiro de Ninja é que ele foi visto sendo colocado em um carro branco.

“O Ninja tem uma irmã, a Gaia, e eles saíram juntos no domingo à noite, por volta das 21 horas. Como a gente mora em um sítio na beira da represa, eles costumam fugir para ir até lá, mas logo voltam. Só que dessa vez eles demoraram e, na segunda-feira de manhã, só a Gaia voltou. A gente começou a achar estranho e fomos procurar”, conta Renan Hanada, que é tutor do cachorro.

A família, então, saiu pelo bairro perguntando se alguém poderia ter visto Ninja e espalhando panfletos. Eles também foram até outros bairros nas proximidades, mas não encontraram o animal. A única informação que conseguiram foi de que na segunda-feira de manhã, ele tinha sido colocado em um carro branco.

"Nós estamos arrasados! Muitas pessoas acham que é só um cachorro, mas para nós ele é parte da família", lamenta Renan.

Apesar de ser um rottweiler, Ninja é dócil. O que pode ter facilitado para que alguém o levasse. Para tentar ter mais informações sobre o carro, a família foi em busca de imagens de câmeras de segurança, mas não conseguiu encontrar nada.

“Por incrível que pareça essa semana apareceu muito rottweiler que estava desaparecido, que encontraram abandonado. A gente recebeu diversos cachorros pensando que era ele, a gente ia ver e não era. Apareceu rottweiler atropelado, que foi morto e a gente foi ver e também não era ele, nenhum era nosso cachorro”, diz Renan.

Informações sobre o paradeiro de Ninja podem ser dadas para Renan, pelo número (12) 99721-6663

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conosco
O Diário de Mogi© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por