Entrar
Perfil
ANIVERSÁRIO

Aos 31 anos, Mogi Shopping registra recordes de público e venda

Centro de compras gera entre 3 mil e 5 mil empregos diretos e indiretos e teve o maior público diário registrado no Dia das Crianças

Eliane José
23/11/2022 às 16:14.
Atualizado em 24/11/2022 às 10:42

Há 31 anos, Mogi das Cruzes viu inaugurar o seu primeiro shopping, na avenida Narciso Yague Guimarães (Divulgação/Mogi Shopping)

Olá, quer continuar navegando no site de forma ilimitada?

E ainda ter acesso ao jornal digital flip e contar com outros benefícios, como o Clube Diário?

Já é assinante O Diário Exclusivo?
ANIVERSÁRIO

Aos 31 anos, Mogi Shopping registra recordes de público e venda

Centro de compras gera entre 3 mil e 5 mil empregos diretos e indiretos e teve o maior público diário registrado no Dia das Crianças

Eliane José
23/11/2022 às 16:14.
Atualizado em 24/11/2022 às 10:42

Há 31 anos, Mogi das Cruzes viu inaugurar o seu primeiro shopping, na avenida Narciso Yague Guimarães (Divulgação/Mogi Shopping)

Na semana em que comemora os 31 anos de abertura do primeiro empreendimento desta categoria do Alto Tietê, o Mogi Shopping tem  celebrado a quebra de recordes creditada a um comportamento vivido em picos mais leves da pandemia, quando o consumidor saiu mais de casa para fazer compra ou viver uma experiência social, gastronômica ou cultural neste tipo de centro de negócios e compras.

Enquanto no ano passado, quando o Mogi Shopping "trintou", o endereço gerava cerca de 3 mil empregos diretos e indiretos, neste 2022, esse índice ficou entre 3 mil a 5 mil empregos em determinados períodos, somando-se, aqui, os colaboradores próprios, das lojas, terceirizados e outros tipos de mão de obra e serviços impactados por este conglomerado der lojas, serviços, cinema, lazer e alimentação.

Esse número na movimentação do mercado de trabalho, segundo Gisele Mesquita, que responde pelo setor de Marketing, foi alcançado pela retomada econômica e social após o período mais agudo da pandemia da Covid-19, fora do período marcado por fortes baixas nas vendas e fechamento de empresas.

Atualmente, segundo Gisele, o shopping mais antigo entre seus pares - o Suzano e o Itaquá Shopping, além do Outlet Premium - tem 198 pontos em funcionamento, e 6 em uma vacância que o setor considera como uma espécie de reserva técnica.

Nas próximas semanas, novos negócios serão abertos, como a loja da Natura e a reinauguração da M.Officer.

Outros dados embalam o aniversário do Mogi Shopping cravado mesmo no calendário no dia 20 de novembro. No dia das Mães, houve um recorde de vendas concretizadas - cujo montante não foi divulgado; e, no dia das Crianças, o empreendimento da HBR Realty bateu outra marca, o de maior público diário nos últimos 31 anos, desde quando foi aberto e se tornou referência para o consumidor de Mogi das Cruzes e cidades do Alto Tietê.

O shopping possui um contador de frequência dos visitantes, além dos dados oriundos do estacionamento.

Os bons números deste ano têm sido explicados por fatores como a preferência pela compra física - embora as vendas online tenham se superado e muito desde 2020 -, a melhoria do poder aquisitivo do consumidor e a flexibilização das medidas restritivas, segundo Gisele.

Um dos recordes atuais foi o número de pessoas que foram recepcionar o Papai Noel: público foi 49% maior do que o registrado em 2019 (Divulgação/Mogi Shopping)

É diante desse cenário, ainda, que o público infantil e adulto que foi  ver o Papai Noel chegar no Mogi Shopping no início deste mês subiu 49% em comparação com a mesma data de acolhimento ao principal personagem do Natal em 2019.

Dados individualizados sobre esses feitos não foram divulgados durante uma visita técnica ao interior do shopping acompanhada por órgãos de Imprensa da cidade, na manhã desta quarta-feira (23) [O Diário prepara reportagem especial que irá mostrar o interior do endereço que embala a vida afetiva e econômica da cidade desde 1991].

A média de frequentadores por ano estimada é de 10 milhões de pessoas - ou cerca de 83,3 mil por mês e toma como base o ano de 2019, por ter sido anterior ao que marcou o início da pandemia.

Black Friday

O setor de shopping projeta ampliar os negócios durante a promoção da Black Friday em cerca de 6%, dado divulgado pela Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce), com alta de 13% do público recebido durante a data comemorado nesta sexta-feira (25). O tiquete médio de compras esperado é de R$ 229.

  

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conosco
O Diário de Mogi© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por