MENU
BUSCAR
Ferras de Vasconcelos

Piscinão pode acabar com o problema de enchentes em Ferraz

Cidade completa hoje 68 anos e põe esperanças em obra entregue para solucionar um drama antigo dos moradores

CriaticidadePublicado em 14/10/2021 às 09:48Atualizado há 13 dias
Maxson Rodrigues – Secom Ferraz
Maxson Rodrigues – Secom Ferraz

Pensar em modelo de cidade também é resolver problemas antigos. E uma triste realidade em Ferraz de Vasconcelos eram os constantes alagamentos na região central da cidade.

Hoje, 14 de outubro, quando Ferraz completa 68 anos de emancipação política e administrativa, a entrega de uma obra promete por fim a este problema. O local: Rua Guanabara, na Vila Romanópolis.

O “Piscinão de Ferraz”, como está sendo chamado, é uma bacia de contenção. O barramento terá capacidade de armazenar 18 milhões de litros de água, com construção de 5,4 mil metros quadrados e 4,8 metros de profundidade.

Um nota, a prefeita Priscila Gambale se manifesta sobre a construção do reservatório de contenção que vai diminuir a força da água pluvial e evitar possíveis enchentes. “As famílias que no passado choraram, agora podem renovar a sua esperança no fim das enchentes na região central."

O piscinão foi orçado em R$ 3,4 milhões, sendo 80% do custeio pelo Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fehidro) e 20% pela prefeitura.

Como funciona um "piscinão"

Reservatórios para a retenção de água é uma alternativa ao aumento da canalização de rios ou córregos. São construídos no Brasil desde os anos de 1990 como solução para reduzir o efeito de enchentes e inundações em áreas urbanas.

Os piscinões manobram os volumes de chuva pelo controle das vazões que entram e saem de suas estruturas. São grandes reservatórios que atrasam a ida da água das chuvas para o esgoto pluvial, que é o responsável por escoá-la para os rios.