MENU
BUSCAR
TECNOLOGIA

Mogi está entre as 50 cidades mais inteligentes e conectadas do país

Mogi das Cruzes é a 45ª no País em tecnologia e 15ª entre as cidades de São Paulo e é a única do Alto Tietê no Top 100

Darwin ValentePublicado em 04/09/2021 às 18:33Atualizado há 24 dias
Divulgação
Divulgação

O município de Mogi das Cruzes, cujo prefeito é conhecido por “Tik Tok” pela sua grande afinidade com as redes sociais, precisará contar – e muito – com a experiência de Caio Cunha (PODE) nesta área para melhorar sua performance no ranking das cidades mais conectadas do País, divulgado durante o Connected Smart Cities, que encerrou, nesta semana, a sua 7ª edição, realizada no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo.

Pela sétima vez, também foi divulgado o estudo elaborado pela Urban Systems em parceria com a Necta, que mapeou todos os 677 municípios com mais de 50 mil habitantes no País, com objetivo de apresentar as cidades mais inteligentes e conectadas, de acordo com 75 indicadores que ajudaram a formar o Ranking Connected Smart Cities 2021, divido por 11 diferentes eixos, o que irá ajudar os dirigentes municipais e estaduais a identificar os pontos mais fortes e mais frágeis de cada localidade no uso da tecnologia da informação.

No ranking nacional, Mogi das Cruzes é a única cidade da região do Alto Tietê a figurar entre as 100 mais bem conectadas do País. Está na 45ª colocação, com a nota 32,144, numa lista que é encabeçada pelas cidades de São Paulo (nota 37,584), Florianópolis (37,385) e por Curitiba (37,375), as mais conectadas e inteligentes do País.

A posição de Mogi no quadro nacional mostra que há muito a ser melhorado para que a cidade alcance um maior índice de tecnologia e, consequentemente, de melhoria no atendimento ao público e na qualidade de vida de seus moradores. Mostra também que existe um grande atraso nas demais cidades do Alto Tietê, que apresentam pouca eficiência em termos de tecnologia a serviço de seus habitantes.

Não à-toa, a presença do prefeito de Guararema, José Luiz Freire de Almeida (PL), foi registrada pelos dirigentes do evento, demonstrando a intenção de fazer com que seu município avance em termos tecnológicos.

Se na classificação nacional Mogi das Cruzes é a 45ª cidade melhor colocada, essa posição melhora consideravelmente no ranking estadual, que envolve somente as cidades localizadas em São Paulo, o principal estado da região Sudeste.

No Estado, a nota alcançada por Mogi (32,144) lhe assegura a 15ª posição, numa lista, naturalmente encabeçada por São Paulo (37,584) e pelos municípios de São Caetano do Sul (36,942) e Campinas (36,389). Na relação dos 37 municípios paulistas mais bem posicionados, novamente não aparece qualquer outra cidade do Alto Tietê, além de Mogi.

Nas posições definidas pelos diferentes eixos, as posições alcançadas por Mogi são as seguintes, em relação às demais cidades paulistas: 

Educação

- Mogi é a 5ª colocada no Estado, com a nota 5,780, no eixo que é liderado por São Caetano, com nota 6,703.

Economia

- A posição mogiana é 21ª, com nota 32,144; Barueri lidera com 8,227.

Empreendedorismo

- Mogi não aparece ranqueada, mas surge uma surpresa: Santa Isabel é a 5ª colocada, com nota 2,853; enquanto Suzano aparece em 24º lugar, com nota 2,409. São Carlos lidera com 3,208.

Governança

- Liderado por Praia Grande (nota 8,035), não há qualquer município do Alto Tietê ranqueado.

Meio Ambiente

- Mogi também não aparece no eixo Meio Ambiente, onde Poá é a única representante da região, ocupando a 26ª colocação, com nota 4,655, enquanto quem lidera é Santos, com 5,564.

Mobilidade

- Mogi volta a aparecer, com a nota 3,644, na 16ª posição; Poá também está ranqueada em 21º lugar, com 3,271. Neste eixo, outra surpresa: Itaquaquecetuba aparece na 9ª posição, com a nota 3,836. É a cidade da região mais próxima da líder, São Paulo, com nota 4,994.

Saúde

Mais uma surpresa, desta vez no plano negativo: Mogi das Cruzes, uma das primeiras a informatizar sua rede de postos, hospitais e clínicas, não aparece entre as mais bem posicionadas do eixo Saúde, liderado por São Caetano do Sul (nota 4,374).

Segurança

Da mesma forma, mesmo possuindo um invejável sistema de controle da cidade por meio de câmeras, Mogi não aparece classificada no eixo Segurança, liderado por São Caetano (4,595), e onde Itaquá novamente aparece na 32ª colocação, com a nota 3,599.

Tecnologia e Inovação

Mogi surge na 12ª posição no eixo Tecnologia e Inovação, com 4,747, enquanto São Paulo lidera com 5,766.

Urbanismo

Onde não foram divulgadas notas, apenas a classificação, Limeira é a primeira colocada, Mogi é 29ª e Suzano em posição bem melhor: é a 16ª no ranking.