Entrar
Perfil
Criaticidade

Da geladeira saem livros; entenda o projeto Cuca Fresca, de Mogi

Iniciativa da Secretaria Municipal de Cultura estimula a leitura a partir de bibliotecas itinerantes

Criaticidade
08/10/2021 às 10:29.
Atualizado em 08/10/2021 às 16:38

Geladeiras customizadas para o projeto (Divulgação Prefeitura de Mogi das Cruzes)

Olá, quer continuar navegando no site de forma ilimitada?

E ainda ter acesso ao jornal digital flip e contar com outros benefícios, como o Clube Diário?

Já é assinante O Diário Exclusivo?
Criaticidade

Da geladeira saem livros; entenda o projeto Cuca Fresca, de Mogi

Iniciativa da Secretaria Municipal de Cultura estimula a leitura a partir de bibliotecas itinerantes

Criaticidade
08/10/2021 às 10:29.
Atualizado em 08/10/2021 às 16:38

Geladeiras customizadas para o projeto (Divulgação Prefeitura de Mogi das Cruzes)

Como o próprio nome diz, a criatividade é o combustível para a busca de uma cidade criativa. E, como o canal se propôs logo no texto de apresentação (leia aqui), um dos objetivos desse espaço é destacar boas ações, seja de iniciativas, seja do poder público.

Recentemente, este canal mostrou uma iniciativa de Ferraz de Vasconcelos. Desde ontem (7/10), projeto parecido toma conta dos bairros de Mogi das Cruzes. Trata-se do Cuca Fresca, da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, uma ação de estímulo à leitura, que vai se concretizar por meio da instalação de geladeiras personalizadas e recheadas com livros em pontos diversos da cidade.

São bibliotecas itinerantes que tomarão conta de em sete locais da cidade, três pontos centrais, mais quatro descentralizados. São eles:

- Terminal Central

- Terminal Estudantes

- Casa do Hip Hop

- Escola municipal Vereadora Astrea Barral Nébias (Jundiapeba)

- Escola municipal João Antonio Batalha (Chácara Santo Ângelo)

- Escola municipal Américo Sugai (Pindorama)

- Escola municipal Professora Sonia Brasil de Siqueira Andreucci (Jardim Margarida).

As geladeiras ficarão abertas a todos os interessados. A ideia é que as pessoas levem títulos que já tenham lido e troquem por outros que lá estarão. Ao todo, serão aproximadamente 300 títulos disponíveis, de diversos gêneros. Porém, quem não tiver um livro para fazer a troca poderá também escolher uma obra e levá-la para casa.

As geladeiras utilizadas para o projeto estavam sem uso, armazenadas em depósitos de itens antigos da Prefeitura. E foram reaproveitadas de forma criativa e sustentável. Elas foram personalizadospelos artistas locais Bozer e None. 

O projeto é também uma extensão da 1º Festa Literária de Mogi das Cruzes (FLIMC), que se encerrou no último dia 3, após duas semanas de programação literária gratuita e aberta para todos.

“É mais uma iniciativa de estímulo à leitura e também de ampliação do acesso à cultura, a partir da instalação não só no Centro, como também em bairros e distritos mais afastados. Temos como premissa tornar Mogi das Cruzes uma cidade leitora e um referencial na aplicação de políticas públicas efetivas que garantam os direitos culturais e ampliem os horizontes da população”, destaca a secretária municipal de Cultura, Kelen Chacon.

Mais informações sobre o projeto Cuca Fresca: (11) 4798-6900.

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conoscoConteúdo de marcaConteúdo de marca
Copyright © - 2022 - O Diário de MogiÉ proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuído por