MENU
BUSCAR
Criaticidade

Conheça as inspirações de Recife e Salvador para Mogi das Cruzes

Iniciativas de sucesso de Salvador e Recife podem servir de modelo para Mogi das Cruzes

CriaticidadePublicado em 05/10/2021 às 22:13Atualizado há 22 dias
Divulgação Prefeitura de Mogi das Cruzes
Divulgação Prefeitura de Mogi das Cruzes

ENTENDA O CANAL CRIATICIDADE

Boas práticas de gestão em Salvador e Recife. Foram os alvos da comitiva mogiana em uma espécie de “benchmarking” da coisa pública, conforme adiantou este canal.

Ao lado da presidente do Fundo Social, Simone Margenet Cunha, e de secretários municipais, o prefeito Caio Cunha (Podemos) conheceu projetos e iniciativas de sucesso nas capitais nordestinas e que podem servir de modelo para ações em Mogi das Cruzes.

“Foi uma viagem bastante proveitosa, em que pudemos conhecer iniciativas voltadas ao planejamento, empreendedorismo, inovação e desenvolvimento urbano. Também visitamos experiências que as duas cidades estão desenvolvendo para diminuir a desigualdade social. Todas estas informações podem servir para ações que pretendemos criar para atender a população de Mogi das Cruzes”, explicou o prefeito.

HUB Salvador

Iniciativa desenvolvida pela capital baiana para a inovação. “É uma inspiração para o que queremos trazer para a cidade. No mesmo local, estão reunidos serviços de apoio aos empreendedores, suporte às startups, banco de investimento, grandes players e ações em parceria com a iniciativa privada. Ao entendermos o modelo de funcionamento do Hub Salvador, mudamos a nossa perspectiva do que podemos fazer em Mogi, trazendo outros atores para um futuro equipamento como este na nossa cidade”, explicou o prefeito Caio Cunha.

Atendimento social

Ainda na Bahia, a comitiva mogiana também se reuniu com a vice-prefeita de Salvador, Ana Paula Matos, com a secretária municipal de Desenvolvimento Econômico, Mila Paes Scarton, com o secretário municipal de Inovação e Tecnologia, Samuel Araújo, e com o vereador André Fraga. Durante estes encontros, foram discutidos projetos voltados ao atendimento social da população, de tecnologia de dados, de desenvolvimento econômico, de empreendedorismo e de capacitação profissional. “Uma das abordagens de desenvolvimento discutida foi a de alinhar o desenvolvimento conectado a uma forte e diferenciada vertente local, ajustada à vocação do município, e que, a partir disso, potencialize a matriz econômica de longo prazo, fomentando perfis específicos de investidores e empreendedores na cidade”, explicou o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Gabriel Bastianelli.

Aries

Em Pernambuco, a comitiva mogiana visitou a Agência Recife para Inovação e Estratégia (Aries), voltada ao planejamento integrado da cidade e que tem a missão de pensar a capital pernambucana para 2037, quando a cidade completará 500 anos. “Foi uma experiência interessante, em que pudemos conhecer a estrutura responsável pelo planejamento estratégico de uma das mais importantes cidades do Brasil. É uma iniciativa que servirá de modelo para o que deverá ser implantado em Mogi das Cruzes, para pensar o desenvolvimento de longo prazo da cidade”, disse o chefe de gabinete, Lucas Porto. 

Porto Digital

Ainda em Recife, os mogianos estiveram no que é considerado um dos principais parques tecnológicos do país e de ambiente de inovação. No local, além de visitar a estrutura física, foi discutida a importância da qualificação profissional e da formação tecnológica em larga escala da população, para que as pessoas estejam prontas para as novas oportunidades.

Compaz e Vida nos Morros

Outro ponto importante da viagem a Recife foram as visitas a duas iniciativas voltadas ao atendimento de pessoas em situação de vulnerabilidade: os projetos Compaz e Vida nos Morros. Nas unidades destes dois projetos, os mogianos estiveram acompanhados do secretário municipal de Segurança Cidadã, Murilo Cavalcanti, e do ex-secretário municipal de Inovação Urbana, Tullio Ponzi. “São iniciativas bem-sucedidas que levam dignidade e serviços para a população. Elas estão bem alinhadas ao projeto da administração, que é ter uma cidade orientada para as pessoas”, disse o secretário municipal de Planejamento e Urbanismo, Cláudio de Faria Rodrigues.