MENU
BUSCAR
CARRO ELÉTRICO

Produção em série do BMW iX é iniciada em fábrica na Alemanha

BMW iX totalmente elétrico está sendo produzido na maior fábrica europeia do BMW Group, localizada na Baixa Baviera

O DiárioPublicado em 16/07/2021 às 19:49Atualizado há 12 dias
Divulgação - BMW
Divulgação - BMW

A produção padrão do BMW iX totalmente elétrico acaba de começar em Dingolfing, na Alemanha. A fábrica, localizada na Baixa Baviera, agora produz veículos com todas as variantes da unidade de potência, ou seja, veículos com motor a combustão, híbridos plug-in e modelos totalmente elétricos, todos em uma única linha.

O BMW iX está sendo produzido na maior fábrica europeia do BMW Group, em uma linha de montagem com a flexibilidade de construir um mix de modelos BMW Série 5, Série 7 e Série 8. Para lidar com essa flexibilidade e variedade de unidades de potência, a montagem de veículos em Dingolfing foi expandida e reformada. O BMW Group investiu um total de mais de 400 milhões de euros na produção do BMW iX nessa fábrica. Muitas das medidas de remodelação e estruturais necessárias para o BMW iX já estão beneficiando as gerações futuras do BMW Série 7 e Série 5, que sairão da linha de produção em Dingolfing nos próximos anos. Também foram anunciadas variantes totalmente elétricas para ambas as gamas de modelos.

Metade do volume de produção já será de eletrificados em meados da década

Apenas com o BMW iX e outros modelos PHEV (Plug-in Hybrid Electric Vehicle – Veículo Elétrico Híbrido Recarregável) na fábrica de Dingolfing, o BMW Group planeja dobrar a porcentagem de veículos eletrificados produzidos este ano em comparação com 2020. Em meados da década, metade dos veículos produzidos em Dingolfing já serão eletrificados. O novo modelo terá um papel importante nisso. O BMW iX será seguido no outono europeu pelo BMW i4, que será construído em Munique, na Alemanha. No final do próximo ano, todas as fábricas alemãs produzirão pelo menos um veículo totalmente elétrico.

Amplo know-how: produção de veículos e e-Drive no local

A produção do BMW iX em Dingolfing se beneficia de um amplo know-how e experiência nas tecnologias localizadas na fábrica. A interação próxima entre essas diferentes áreas permite um alto nível de atividade interna e linhas curtas de comunicação, além de garantir em geral uma tecnologia ideal de produção. O coração totalmente elétrico do BMW iX, o e-Drive altamente integrado e a bateria de quinta geração, bem como o eixo elétrico completo, são produzidos no local, juntamente com as fábricas de componentes em Dingolfing. A capacidade de produção será sistematicamente ampliada e, a partir de 2022, a fábrica de Dingolfing poderá produzir e-Drive para mais de meio milhão de veículos eletrificados.

 O BMW iX como um pioneiro

O BMW iX apresenta uma infinidade de inovações no produto e nos processos de produção da fábrica – especialmente na arquitetura do sistema elétrico do veículo, no software, nos serviços digitais, na conectividade e nas funções automatizadas de condução. Como resultado, o veículo desempenha um papel importante como um pioneiro e está tornando a fábrica de Dingolfing “pronta para e-car e smart-car" como a principal fábrica do BMW Group para a classe de luxo.

O BMW iX também é um importante pioneiro em termos de fabricação, trazendo futuras tecnologias para o sistema de produção, como métodos digitais para treinamento de funcionários, automação de processos logísticos, além da colocação em funcionamento e a validação de sistemas de assistência ao motorista de modo virtual.

 Foco especial na sustentabilidade

O tema sustentabilidade está firmemente ancorado em toda a empresa. Um foco em especial está em melhorar nossa pegada de carbono, especialmente na produção de veículos elétricos. Auditores independentes confirmaram que o potencial de emissão de gases do efeito estufa do BMW iX xDrive40 é cerca de 45% menor do que o de um veículo esportivo comparável com motor de combustão interna. O BMW Group adota uma abordagem holística para reduzir as emissões de CO2, minimizando o consumo de recursos que abrangem toda a cadeia de valor, incluindo a produção, bem como a cadeia de suprimentos e a fase de utilização.

O BMW Group já conseguiu reduzir em mais da metade o consumo de recursos por veículo produzido entre 2006 e 2020. As emissões de CO2 foram reduzidas de forma ainda mais significativa, em até 78%. O objetivo é reduzir em mais 80% as emissões de CO2 por veículo produzido até 2030. Por exemplo, o BMW iX é produzido exclusivamente usando energia verde regional e direta de duas usinas hidrelétricas localizadas nos rios Isar e Lech. A fábrica inteira, como todas as instalações do BMW Group, também será neutra em carbono a partir deste ano, por meio do uso de compensações e certificados correspondentes.

Outros aspectos da sustentabilidade variam de instalações com eficiência energética ao planejamento de embalagens, passando por logística de transporte e reciclagem, e até incluindo tópicos como biodiversidade e gestão da água. A fábrica de Dingolfing é, portanto, capaz de atingir uma taxa de reciclagem de mais de 90% e uma taxa de recuperação ainda maior de mais de 99%. Os poços da própria planta atendem a mais de 40% de suas necessidades de água, ajudando assim a conservar as reservas de água potável da região. Desde 2006, o BMW Group já reduziu seu consumo de água em mais de 30% em geral.

 O BMW iX como um catalisador da mudança: uma mudança ativa de competência

O BMW iX cria a necessidade de treinamento adicional, além da ampla experiência e conhecimento que já estão disponíveis. O modelo está acelerando a mudança de competência que já está ocorrendo na rede de produção e ajudando a preparar a força de trabalho para as demandas de uma nova era. Desta forma, o desenvolvimento dos funcionários em toda a empresa está sendo direcionado para a transformação digital e a e-mobilidade. Como parte da maior ofensiva de treinamento da história da empresa, 75.000 funcionários estão sendo treinados em futuras áreas de atividade.

Somente em Dingolfing, desde 2012, mais de 4.000 funcionários mudaram para funções com fortes perspectivas de futuro. Um exemplo atual disso é a criação e expansão do Centro de Competência para Produção de E-Drive na unidade, que dobrou seu número de funcionários no ano passado de 600 para 1.200. É provável que esse número ainda aumente para mais de 1.900 até o final do ano.

ÚLTIMAS DE Automotor