MENU
BUSCAR
COMPACTA

Fiat Strada vem com câmbio automático

A nova versão Ranch da Strada é a topo de linha e, além da transmissão CVT, vem com diferenciais exclusivos e preço de R$ 116.990

O Diário Publicado em 22/12/2021 às 15:51Atualizado há 1 mês
Fiat Strada Ranch, nova versão da picape
Fiat Strada Ranch, nova versão da picape

A nova Fiat Strada chega ao mercado agora com transmissão automática CVT, com sete velocidades simuladas, associada ao motor 1.3 Firefly de 107 cv de potência. A transmissão CVT oferece três modos de condução. No modo automático, a central eletrônica faz leituras constantes da forma como o motorista dirige e a situação do veículo para ajustar sempre a melhor relação de marcha com foco no consumo. Quem prefere estar sempre no comando pode optar pelo modo manual, que permite a troca das sete marchas de maneira sequencial por meio de “borboletas” no volante ou pela própria alavanca de câmbio. Já o modo Sport é voltado para quem busca uma condução mais divertida e ágil. Nele, a central eletrônica da Strada promove uma série de ajustes para tornar o veículo ainda mais responsivo. O acelerador fica mais sensível, a assistência elétrica da direção é enrijecida e o câmbio CVT adota relações de marcha mais curtas. 

A nova Strada com câmbio automático é oferecida em duas versões: Volcano, que mantém a opção de transmissão manual, e na inédita topo de linha Ranch que, além do câmbio CVT, possui diferenciais exclusivos. Externamente, a carroceria adota novos “skid plate” na cor cinza, para-barros e retrovisores pintados em preto brilhante, logotipo Ranch ao lado do para-lama, estribos laterais, barras do teto longitudinais em cinza, capota marítima exclusiva com a inscrição “Ranch” gravada na cobertura e rodas de liga-leve de 15 polegadas com pneus para uso misto. O estilo da versão topo de linha é complementado por faróis de LED afilados com luzes diurnas, e o capô vincado, que sugere força e robustez, itens que também caracterizam a nova Strada Volcano.  

No interior, a versão Ranch tem painel com pintura em dois tons, com elementos marrons, a exemplo da mesma configuração da Toro, ao redor do porta objetos superior, contrastando com as saídas de ar em preto brilhante. O mesmo tom é usado na costura do volante de couro, na coifa do câmbio e nos bancos, que também usam revestimento marrom nas laterais e carregam a inscrição Ranch nos encostos. Quadro de instrumentos com tela de LCD customizável e “badges” Ranch abaixo da central multimídia, tapetes e nas soleiras das portas reforçam o DNA exclusivo da versão. 

A nova Strada com transmissão automática mantém amplo pacote de equipamentos, como controle de estabilidade com assistente de partida em rampa e controle de tração, suspensão traseira de eixo rígido, quatro airbags, sensores sonoros e câmera de ré, faróis de neblina e sensor monitoramento da pressão dos pneus, direção com assistência elétrica, computador de bordo, vidros elétricos nas quatro portas, volante multifuncional e retrovisores elétricos, entre outros. Além do sistema multimídia com tela de sete polegadas, o modelo passa a oferecer carregamento para smartphone sem fio.

A caçamba tem 844 litros de volume e pode carregar até 600 quilos. Leve, a tampa traseira possui um sistema de molas para facilitar sua abertura e fechamento, e pode suportar até 400 quilos. Quatro ganchos inferiores e superiores facilitam a fixação dos mais diferentes tipos de carga, e o cliente ainda pode incrementar a caçamba com diferentes acessórios da linha Mopar. A nova Strada Volcano com câmbio automático tem preço público de R$ 111.990 e a versão Ranch por R$ 116.990.

ÚLTIMAS DE Automotor