MENU
BUSCAR
AÇÃO EM REDE

Projeto Ação em Rede valoriza empresas associadas à AGFE

Parceria do jornal O Diário, TV Diário e Agência Gestora do Fomento Empresarial (AGFE), busca tratar alguns dos maiores desafios identificados pelo pool formado por 20 empresas, responsável pela geração de 24 mil empregos diretos em Mogi das Cruzes

Eliane JoséPublicado em 07/01/2022 às 17:24Atualizado há 14 dias

O projeto Ação em Rede, que começa a ser executado neste ano em uma parceria com o jornal O Diário, TV Diário e Agência Gestora do Fomento Empresarial (AGFE), busca tratar alguns dos maiores desafios identificados pelo pool formado por 20 empresas, responsável pela geração de 24 mil empregos diretos em Mogi das Cruzes. 

Por meio de um canal exclusivo no site de O Diário e a publicação de reportagens e peças publicitárias nos dois veículos de comunicação, o Ação em Rede pretende valorizar a história e o produto dessas empresas junto à comunidade mogiana, e servir de gatilho para a obtenção de outros resultados em conjunto e a atuação em frentes de interesse comum, como a divulgação do potencial dessas empresas e do amplo e tradicional mercado de trabalho direto e indireto gerado por elas.

O presidente da AGFE, Fábio Hoelz de Matos, da Elgin Máquinas, afirma que essa iniciativa é uma extensão da missão da entidade fundada em agosto do ano passado com a participação dessas empresas como representantes da sociedade civil mogiana. “Nosso foco é atender as necessidades dessas empresas no desenvolvimento de seus potenciais, bem como divulgar, vender e fornecer seus produtos no mercado mogiano e, sobretudo, atuar para incentivar a qualificação da mão de obra local".

Renato Cocenza, diretor de Operações do jornal e da TV Diário, afirmou que a parceria cumpre a missão desses dois meios de comunicação de defender dos interesses da comunidade. “E quais são esses interesses?”, questiona, apontando a direção: “Para essas empresas, é criar condições para melhorar o ambiente de negócios e a qualidade de vida de todos. Isso começa com a apresentação sobre o que essas empresas fazem e produzem, com o incentivo à formação de um banco de emprego de qualidade na própria cidade, e a atração do jovem que passou a desinteressar não só pela indústria, aliás, hoje, temos um grandioso dilema que é mudar o foco da geração ‘nem-nem’, que não estuda e nem trabalha".

Na aba do Ação em Rede, no site do jornal O Diário, as empresas e a AGFE terão espaço para divulgar informações de peso para a comunidade empresarial e ainda abrir diálogo com outros fornecedores e compradores, além dos próprios colaboradores.

Esse projeto vai dar visibilidade a essas empresas que são responsáveis pela geração de um quarto dos empregos que mantém a população economicamente ativa de Mogi das Cruzes, estimada em 101 mil pessoas, segundo o IBGE.

Na prática, o Ação em Rede prevê o início de um vasto campo de atuação e concentração na procura de respostas às  “dores” e dificuldades que penalizam a própria economia da cidade porque talentos e cargos são ocupados por pessoas de fora. 

O mesmo se dá, por exemplo, com as compras e contratações de terceirizadas de outros municípios - o que também encarece a cadeia produtiva e pode ser um limitador para o desenvolvimento social e econômico, a geração de impostos e renda.

Emprego

Entre as novidades que serão detalhadas em nossas próximas edições - que terão uma entrevista com cada uma das 20 empresas participantes (leia a primeira na página 8), destacam-se a criação de um novo banco de dados do emprego mogiano (veja mais à página 9), bem como as projeções de inovação e de geração de empregos para este ano. 

Nesse caso, em específico, esse grupo prevê abrir 13,5 mil vagas de trabalho para diversos cargos neste ano, e 1,3 mil empregos deverão ser novos.

 OBJETIVOS

Interação

Reduzir o distanciamento entre a indústria e empresas e a sociedade mogiana

Mão de obra

Combater o desequilíbrio entre a oferta e a demanda por mão de obra

Visibilidade

Divulgar a produção, inovação e a trajetória da indústria e do comércio local

Melhores práticas

Incentivar as práticas de ESG, nome dado à governança ambiental, social e corporativa

Capacitação

Melhorar a formação profissional, inclusive preparando a mão de obra local para as profissões que estão sendo criadas

Geração Nem-Nem

Despertar o interesse do jovem pelo trabalho na indústria e no comércio local

Cursos

Promover e facilitar o acesso dos trabalhadores a cursos de qualificação ofertados em instituições parceiras 

Acesse o canal

www.odiariodemogi.com.br/canais/acaoemrede